Brasil e Mundo

JUSTIÇA E CIDADANIA

Campanha da Fraternidade 2019 cobra políticas públicas

Lançamento da campanha ocorreu hoje, No RN será no dia 9

Por Redação

6 de março de 2019 | 13:55

CNBB lança Campanha da Fraternidade 2019

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou nesta quarta-feira (6,) em Brasília, a Campanha da Fraternidade 2019, com tema “Fraternidade e Políticas Públicas”. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, participou do evento realizado na sede provisória da CNBB no período da manhã. Na abertura do evento, o bispo auxiliar e secretário-geral, Dom Leonardo Steiner, leu a mensagem enviada pelo Papa Francisco para a campanha no Brasil.

“Todas as pessoas e instituições devem se sentir protagonistas das iniciativas e ações que promovam o conjunto das condições de vida social que permitem aos indivíduos, famílias e associações alcançar mais plena e facilmente a própria perfeição”, diz a mensagem vinda do Vaticano.

Na Arquidiocese de Natal, a abertura se dará nos vicariatos (grupos de paróquias). No Vicariato Episcopal Norte, a abertura acontecerá no dia 9 de março, às 15h, na Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, no Alto do Rodrigues, e, no dia 10, também às 15h, na Paróquia do Bom Jesus dos Navegantes, em Touros.

No Vicariato Sul, a abertura acontecerá no dia 10, a partir das 14h30, com caminhada saindo da comunidade de Piquiri para o Santuário Chama de Amor, em Cunhaú, no município de Canguaretama. E, para as paróquias do Vicariato Episcopal Urbano, também será no domingo, 10. A partir das 14 horas, será realizada uma caminhada, partindo da Igreja de São Tiago Menor, no Conjunto Santarém, com destino ao centro pastoral da Paróquia de São João Bosco, no Gramoré, onde será celebrada missa.

Dom Leonardo Steiner reforça que o tema da campanha foi escolhido há mais de dois anos, entre 80 sugestões. “Para que nós todos nos preocupássemos com o Brasil, com as pessoas que vivem quase à margem da nossa sociedade”, afirmou o bispo auxiliar. “Sabemos que as políticas são responsabilidade de Estado e governos”, ressaltou. “Queremos dar nossa contribuição com a nossa reflexão A sociedade brasileira está necessitada de diálogo e de paz”, disse.

***

RECOMENDAMOS

SEGURANÇA

Centro de Comando da Sesed vai monitorar manifestação

TÁ SUJA

Praias em Natal continuam impróprias para banho. Veja.

SEGUE

Veja como é a reforma administrativa aprovada na Câmara

CONGRESSO

Encontro elegerá direção do PSB/Natal visando eleições

AGENDA ECONÔMICA

Fecomércio mostra potencial econômico do RN na Alemanha

FLOPOU

Poucos comparecem e manifestação vira panfletagem

PRÊMIOS

Mega Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado

IMPRUDÊNCIA

Bêbado foge de blitz e quase atropela pedestres

comentários