Cotidiano

CONSCIÊNCIAS

Campanha pretende conscientizar sobre direção e sono

Meta é chamar a atenção dos motoristas para os perigos da mistura sono e direção

Por Redação

18 de março de 2017 | 10:01

A Academia Brasileira de Neurologia (ABN), com apoio da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) e da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), começou a implementar as ações da campanha “Não dê carona ao sono”, lançada na última quinta-feira (16), na capital paulista. A meta é chamar a atenção dos motoristas para os perigos da mistura sono e direção, que pode ter as mesmas consequências da mistura do álcool com o volante.

Nas estradas, haverá distribuição de materiais em pedágios. Nas rodovias paulistas, serão disponibilizados um milhão de folhetos. No estado de São Paulo, de 24 a 31 de março, em seis pontos de parada e descanso (Ppds) serão realizadas pesquisa e orientação aos motoristas em um trabalho de conscientização.

Os motoristas passarão por aferição de pressão arterial, circunferência abdominal e circunferência cervical. Serão feitas avaliações de outros fatores de risco para problemas como apneia obstrutiva de sono e outras condições que possam aumentar as chances de acidente no trânsito.

Segundo dados da ABN, embora causem vários sintomas como sonolência, fadiga, alterações do humor e da concentração, os distúrbios do sono ainda são subdiagnosticados. Um dos transtornos do sono mais frequente, com prevalência de cerca de 33% em São Paulo, é a apneia obstrutiva do sono (AOS), condição em que a garganta relaxa durante o sono e interrompe a passagem de ar para os pulmões.

A pessoa precisa acordar para respirar melhor, voltando a dormir em poucos segundos. Essas interrupções podem se repetir mais de 60 vezes por hora, levando à fragmentação do sono.


 

RECOMENDAMOS

ECONOMIA

Projetos da Coteminas devem gerar 2,5 mil empregos

REFORMADO

Sesc Rio Branco reabre com modernidade para o público

PREVIDÊNCIA

Walter Alves promete apoio aos policiais na reforma

ALERTA

Casos de aids aumentam 141% em Natal

INQUÉRITO CONCLUÍDO

Zaira Cruz foi estuprada antes de ser assassinada

JUSTIÇA DO TRABALHO

TRT suspende decisão que ia contra reforma trabalhista

CATÁLOGO EDUC

Professor cria site para venda de conteúdo educacional

É MENINO OU MENINA?

Tatá Werneck adia exame para saber sexo do bebê

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL