Política

Ceará-Mirim: Recém-empossado, prefeito decreta calamidade financeira

31 de dezembro de 2019 | 17:30

O novo prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César (PSD), empossado no último dia 23, declarou o município em estado de calamidade pública financeira devido a situação em que recebeu as contas da municipalidade. Ele reuniu a imprensa nesta segunda-feira (30) e revelou que mais de 98% dos prestadores de serviço estão sem receber, mas garantiu o pagamento dos servidores ainda nesta semana.

“Quando chegamos na prefeitura não tínhamos recursos para a realização desse pagamento, mas honrando nosso compromisso. Nós corremos atrás e os servidores irão receber seu salário referente a dezembro ainda hoje”, afirmou Júlio.

O chefe do executivo municipal destacou ainda que é grave a situação financeira encontrada nas contas da prefeitura e externou preocupação sobre os bloqueios que o orçamento está sofrendo, causados por dívidas anteriores. “Nós recebemos o município sem combustíveis, com transportes bloqueados, falta de insumos em hospitais. A cidade estava coberta de lixo. Vamos trabalhar para reverter essa situação”, explicou.

O prefeito assinou o decreto de calamidade e disse que seria publicado no Diário Oficial do município e que deverá executar medidas excepcionais sem autorização do Legislativo, como a realocação de verbas e cortes de serviços para priorização em outras áreas.

Três dias de gestão

Analisando os primeiros dias a frente do município, Júlio César diz que a Prefeitura foi encontrada praticamente sem recursos e que, emergencialmente, foi realizado um mutirão de limpeza e anunciado o novo comando da Guarda Municipal, escolhido pelos próprios agentes. Sobre a Guarda, disse ainda que vai inaugurar a nova sede que atenderá as praias.

Na questão financeira a gestão já enviou para a Câmara dos Deputados um Projeto de Lei em regime emergencial para possibilitar que o município receba recursos que estão sendo partilhados Governo Federal com os entes federativos. A Prefeitura também tramita para receber valores frutos de emendas parlamentares. Estes recursos do Governo Federal e de emendas parlamentares.

“Pela primeira vez em alguns anos, Ceará-Mirim terá festa de reveillon. E nossa estratégia não trará nenhum custo para os cofres públicos. Estamos apoiando, divulgando e organizando as organizações da própria população. Vamos seguir assim até o carnaval, apoiando bloquinhos de rua. Vamos buscar junto a Fundação José Augusto a reabertura do Museu Nilo Pereira e vamos fomentar projetos de cinema na rua, nas praias e nas praças”, disse Júlio.

RECOMENDAMOS

What You Need to Do About Research Paper Writing Service

The Untold Story on Assignment Help Academic You Really Need to Read or Be Left Out

The History of Assignment Helper Assignment Refuted

Nurse Suggestions to Look after Individuals

Essay Writer Service - The Best Way to Find the Cheapest

Essay Writer Assistance - How to Find the Cheapest

PORTAL NOAR encerra atividades

Ano começa com chuva em todas as regiões do RN

comentários