Política

RECLAMAÇÃO

Clínicas de hemodiálise estão com pagamento do Governo atrasado

“Estamos falando de vida”, denunciou deputado Tomba Farias

Por Redação

26 de março de 2019 | 16:03

O Governo do Estado está com o pagamento das clínicas de hemodiálise atrasados, fato que pode levar à paralisação dos serviços que atendem um expressivo contingente de paciente. A denúncia é do deputado estadual Tomba Farias (PSDB) que cobra à governadora Fátima Bezerra a adoção de providências urgentes no sentido de pagar os valores devidos. A Secretaria de Saúde diz que iniciou os pagamentos.

Segundo o parlamentar clínicas de hemodiálises em vários municípios como Natal, Caicó, Paulo dos Ferros, Açu, Mossoró e Santa Cruz, estão passando pelo problema. “Nós estamos falando de vidas que não podem esperar. São pacientes que passam quatro horas todos os dias em uma máquina esperando receber uma doação de rim para fazer o seu transplante. Um paciente desse é um grande lutador”, enfatiza.

Exemplificando a situação de inadimplência, Tomba Farias disse que em Caicó, por exemplo, a clínica de hemodiálise está sem receber pagamento desde novembro de 2018. Em outros municípios, as clínicas amargam o atraso de pagamento desde janeiro do corrente ano.

O parlamentar lembra que o pagamento destinado às clinicas de hemodiálises são oriundos do governo federal e são repassados para as instituições médicas através do governo do Estado. “São recursos do governo federal que se encontram no caixa estadual. Peço a governadora que sejam efetuados os pagamentos. Se essas clinicas pararem vai ser o final do mundo para os pacientes”, destaca.

Dívida herdada

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que iniciou, na semana passada, o pagamento às clínicas de hemodiálise e diz que está trabalhando ininterruptamente e de forma articulada para honrar o compromisso firmado com cada um dos prestadores.

Segundo a pasta, o atraso no pagamento se deve ao fato de que a dívida ficou em restos a pagar, decorrentes da gestão anterior, e como a abertura do orçamento só ocorreu no início de março, os trâmites burocráticos provocaram o atraso na quitação dos débitos.

RECOMENDAMOS

PROGRAMAÇÃO

Seminário debaterá futuro da produção de petróleo no RN

TROCA DE TIROS

Vítima e suspeito ficam baleados em tentativa de assalt

PESQUISA

Pesquisa da UFRN está avaliando dores no ombro

AÇÃO POLICIAL

Bandido morre após troca de tiros com a PM

PROGRAMAÇÃO

Mundo Senai atrai grande público em Mossoró

AVALIAÇÃO

Gastos públicos com juros devem cair quase R$ 100 bi

TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO

RN combate evasão escolar com Inteligência Artificial

SOM SEM PLUGS

Campanha arrecada instrumentos musicais para projeto

comentários