Economia

REUNIÃO

Coema/Fiern trata sobre Agricultura Familiar no RN

“A agricultura familiar é uma porta aberta para a fixação do homem do campo, importante fonte de nutrição, de erradicação da pobreza", disse Roberto Serquiz

Por Redação

5 de abril de 2019 | 16:53

No Rio Grande do Norte, 60% dos alimentos consumidos são provenientes da agricultura familiar. Os dados são do Censo 2016, do IBGE. A relevância desta atividade econômica e sua relação com o meio ambiente foi debatida na primeira reunião de 2019 da Comissão Temática de Meio Ambiente- COEMA-FIERN, nesta quarta-feira (3), no auditório Joaquim Victor de Holanda, na Casa da Indústria.

O encontro foi conduzido pelo presidente do COEMA e Diretor da FIERN, Roberto Serquiz, com palestra do secretário de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara), Alexandre de Oliveira Lima, sobre “A importância da agricultura familiar para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Agenda 2030”. O presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, do Diretor primeiro Secretário, Heyder Dantas, também participaram da reunião.

O presidente da comissão Roberto Serquiz abriu a evento dando boas vindas aos novos membros da comissão, designados para mandato de dois anos. Ele ressalta a relevância da agricultura familiar para economia e desenvolvimento sustentável do estado. A proximidade da atividade econômica com a questão ambiental, uso de recursos hídricos e solo, explica a ele, requer atenção e debate junto a Comissão.

Foto: Fiern

“A agricultura familiar é uma porta aberta para a fixação do homem do campo, importante fonte de nutrição, de erradicação da pobreza, além de ser uma atividade econômica rural importante que pode gerar negócios e pequenos empreendimentos”, destacou. “O potencial deste segmento é imenso, bem como os desafios de dar acesso à tecnologia e tratar a questão hídrica e ambiental”, complementou.

Para o presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales, a agricultura familiar é um desafio a ser encarado e fomentado pelo governo para elevar a qualidade da produção e gerar emprego e renda no campo, minimizando o êxodo rural. Ele disse ainda que a Federação tem interesse em debater e participar de temas importantes ao desenvolvimento do estado.

Em virtude do potencial econômico e social, o secretário Alexandre de Oliveira Lima explicou que a atividade passou, este ano, a fazer parte das atribuições da pasta (Seara) – que em breve será transformada em Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e de Agricultura Familiar (Sedraf).

“A sociedade contemporânea tornou o paradigma do meio ambiente central e essa temática deverá ser tratada intensamente, tanto a agricultura no âmbito da sustentabilidade, como também da crescente demanda por alimentos saudáveis. O nosso desafio é preparar as famílias para este reposicionamento de ter o alimento como remédio e reduzir e eliminar o uso de agrotóxicos. Estamos pensando o segmento para os próximos 30 anos”, disse.

Para isso, Alexandre Lima adiantou que os pequenos produtores rurais, agrupados em família, contarão com políticas públicas que visam a ampliação da compra governamental, estímulo ao cooperativismo, além de assessoria técnica para uso de novas tecnologias e linhas de financiamento.

“Estamos convencidos de que a agricultura familiar tem o papel de suprir, com alimentos, a sociedade potiguar. E com essa consciência ambiental, porque não é só produzir, mas como o alimento é produzido, se há impactos ambientais para essa produção”, pondera o secretário da Seara.

 

Sobre o COEMA/FIERN

A Comissão Temática de Meio Ambiente – COEMA tem como finalidade acompanhar a legislação, desenvolver propostas de políticas e estimular práticas voltadas para a ecoeficiência; promover o debate com especialistas e autoridades na área ambiental e avaliar as políticas públicas de licenciamento ambiental, controle e qualidade ambiental, biodiversidade e florestas, tratamento e disposição de resíduos, entre outras; formular linhas de ação para aumentar a competitividade das indústrias e a preservação do meio ambiente; além de outras atribuições delegadas pela Presidência da FIERN em relação a temática Meio Ambiente.

RECOMENDAMOS

NOVO REGIME

Governo assina com aéreas redução de imposto para QAV

ARTE

Exposição põe na balança ego e moralidade

SISTEMA FIERN

Coere discutirá licenciamento de projetos fotovoltaicos

SALVANDO VIDAS

Hemonorte realiza campanha de doação de medula óssea

PROTESTO

Policiais civis fazem paralisação nesta terça-feira

HEROICO

Bombeiro do RN cumpre missão humanitária em Moçambique

COPA AMÉRICA

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas

GRADE DE CURSOS

Fecomércio RN realiza Fórum de Aprendizagem de Natal

comentários