Economia

Pesquisa

Comércio absorveu 29,4% dos empregos gerados entre 2010 e 2015, diz IBGE

Os números foram publicados nesta terça-feira (05) pelo IBGE

Por Redação

5 de julho de 2017 | 13:38

De 2010 a 2015, 3,6 milhões de novos vínculos empregatícios assalariados foram gerados nas empresas e outras organizações formais, apesar da redução de 1,7 milhão de vínculos entre 2014 e 2015. Quatro seções de atividade foram responsáveis por 71,7% desse total: 29,4% em comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas, 15,0% em saúde humana e serviços sociais, 14,1% em atividades administrativas e serviços complementares e 13,1% em educação.

Os números foram publicados nesta terça-feira (05) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

As participações relativas dessas quatro seções no pessoal ocupado assalariado aumentaram no período analisado. Desde 2010, comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas é a atividade que concentra a maior parte do pessoal ocupado assalariado, registrando, em 2015, 9,1 milhões de pessoas (19,5%). Esta seção também se destacou com 39,2% das empresas e outras organizações e com 22,1% do pessoal ocupado total. Porém, em salários e outras remunerações, o comércio ficou na terceira colocação, com 12,4%. A seção com maior participação em salários e outras remunerações foi administração pública, defesa e seguridade social com 23,5%.

RECOMENDAMOS

AUGUSTO SEVERO

Prefeito autoriza que aeroporto vire centro cultural

PLANO DIRETOR NO AR

Câmara retoma Fórum do Plano Diretor na segunda-feira

PREVISÃO

Lula diz que PT vai polarizar eleições em 2022

PARA A CHINA

Após acordo, melão produzido no RN pode ser exportado

SEGURO RETIRADO

Em dez anos, DPVAT indenizou mais de 391 mil por morte

VERSÃO MAROMBA

Gracyanne e Belo viram personagens de 'Os Simpsons'

FINALISTA

Grupo do RN na final da Olimpíada da Língua Portuguesa

VAGA DE EMPREGO

Realeza procura faxineiro real para ganhar R$ 80 mil

comentários