Economia

AVALIA CNI

Comportamento da inflação justifica manutenção de juros

De acordo com a CNI, as atuais oscilações do câmbio são associadas às incertezas sobre o processo eleitoral

Por Redação

20 de setembro de 2018 | 12:25

Foto: Reprodução

A manutenção dos juros básicos da economia em 6,5% ao ano se justifica pelo comportamento e as expectativas em relação à inflação, cuja meta deve ser atingida tanto em 2018 quanto em 2019. A avaliação foi feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nessa quarta-feira (19), logo após anúncio da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.

De acordo com a CNI, as atuais oscilações do câmbio são associadas às incertezas sobre o processo eleitoral e não se constituem ameaças à dinâmica da inflação. Por isso, a previsão é que a Selic permaneça em 6,5% ao ano nos próximos meses.

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, destaca, no entanto, que a queda nos juros é necessária para a recuperação mais robusta da atividade econômica, com crescimento do consumo e dos investimentos. “A manutenção dos juros em níveis baixos depende sobretudo do ajuste das contas públicas no longo prazo com o novo governo”, completa.

RECOMENDAMOS

NATAL EM NATAL

Zézé Motta é atração no Espaço Ruy Pereira nesta terça

DEZEMBRO VERMELHO

Sesap propõe ação de prevenção HIV/AIDS nos municípios

ACIDENTE

Carreta vira em pista de acesso ao aeroporto

TRAGÉDIA

Acidente com carro de prefeita do RN deixa um morto

PROJETO BIOTINGA

Projeto de alunos do Sesi-RN é destaque no Fantástico

What Is So Fascinating About Academic Essay Writing Examples?

TRÂNSITO TRÁGICO

Duas pessoas morreram em estradas do RN no feriadão

MERCADO DE TRABALHO

Fecomércio promove formatura de profissionais

comentários