Brasil e Mundo

NOTRE-DAME

Coroa de espinhos usada por Jesus foi salva de incêndio

Chamas destruíram parte de catedral histórica

Por Redação

16 de abril de 2019 | 12:54

Foto: Reprodução/Site oficial da Catedral de Notre-Dame

O incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, em Paris, nesta segunda-feira (15) causou inúmeros danos ao edifício de mais de 400 anos. Mesmo assim, diversas obras e artefatos históricos foram salvos das chamas. Um deles é a coroa de espinho que os católicos acreditam ter sido usada por Jesus antes de ser crucificado.

A relíquia mais valiosa guardada em Notre-Dame é composta por um “círculo de juncos unidos por fios de outo, com diâmetro de 21 centímetros, como informa o site oficial da catedral.

Em entrevista na manhã desta terça-feira (16), o ministro da Cultura da França, Fanck Riester, afirmou que os artefatos salvos serão transferidos para o Museu do Louvre.

Além da coroa de Cristo, foram resgatados uma túnica do século 13, utilizada pelo rei francês Luís IX, um órgão com 8 mil tubos construído entre os séculos 15 e 18, vitrais conhecidos como “as três rosáceas”, o sino de Bourdon, fundido há 300 anos, entre outras relíquias históricas.

RECOMENDAMOS

CRÍTICAS

Bolsonaro volta a defender fim dos radares

FIERN

Atividade da construção potiguar segue em dificuldades

LEVANTAMENTO DA FOLIA

Fecomércio divulga resultados do Carnaval em Parnamirim

SONDAGEM FIERN

Atividade industrial potiguar cai pelo 5° mês seguido

Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil

Morre menina queimada em vazamento de duto

SERIDÓ SEGURO

RN: Polícia prende 5 envolvidos com tráfico e mortes

COMENTÁRIOS NEGATIVOS

Paula Fernandes rebate críticas de Juntos e Shallow Now

ESPETÁCULO

Mossoró inicia montagem do cenário do "Chuva de Balas"

comentários