Política

COMISSÃO

CPI do BNDES decide ouvir Joaquim Levy no dia 26 de junho

Colegiado já havia aprovado requerimento para que o economista fosse ouvido

Por Camila Turtelli

17 de junho de 2019 | 16:11

Foto: Alberto Leandro/Arquivo/PortalNoar

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES decidiu ouvir o ex-presidente da instituição Joaquim Levy no dia 26 de junho, às 14h30. O colegiado já havia aprovado um requerimento do deputado Elias Vaz (PSB-GO) no dia 9 de abril, para que o economista fosse ouvido pela CPI. Neste domingo, 16, o presidente da CPI, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), afirmou à reportagem que iria decidir nesta segunda-feira, 17, a data para convocá-lo.

A Câmara criou em março uma CPI para examinar operações do banco de 2003 a 2015, com foco no financiamento à internacionalização de empresas. Em abril, o banco chegou a criar um Grupo de Trabalho para atender informações e documentos solicitados pelos deputados.

Agora, com a demissão de Levy, deputados decidiram acelerar o evento.

RECOMENDAMOS

SAÍDAS VOLUNTÁRIAS

Bolsa Família: Mais de 11 mil pediram desligamento

RECUSOU

Eleita Miss Bumbum, Pabllo Vittar critica título

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Motoristas adiam para terça-feira decisão sobre greve

TOPO DO PÓDIO

Esgrima: Brasileira leva ouro e faz história no Mundial

NORMAS SANCIONADAS

RN teve quase 100 novas leis no primeiro semestre

RESSOCIALIZAÇÃO E PREVENÇÃO

Presas do João Chaves recebem atendimento médico

INCLUSÃO

Bolsonaro anuncia inclusão de autistas no Censo 2020

RECURSO NEGADO

TRE-RN mantém Lava Jato no RN na Justiça Federal

comentários