Política

COMISSÃO

CPI do BNDES decide ouvir Joaquim Levy no dia 26 de junho

Colegiado já havia aprovado requerimento para que o economista fosse ouvido

Por Camila Turtelli

17 de junho de 2019 | 16:11

Foto: Alberto Leandro/Arquivo/PortalNoar

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do BNDES decidiu ouvir o ex-presidente da instituição Joaquim Levy no dia 26 de junho, às 14h30. O colegiado já havia aprovado um requerimento do deputado Elias Vaz (PSB-GO) no dia 9 de abril, para que o economista fosse ouvido pela CPI. Neste domingo, 16, o presidente da CPI, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), afirmou à reportagem que iria decidir nesta segunda-feira, 17, a data para convocá-lo.

A Câmara criou em março uma CPI para examinar operações do banco de 2003 a 2015, com foco no financiamento à internacionalização de empresas. Em abril, o banco chegou a criar um Grupo de Trabalho para atender informações e documentos solicitados pelos deputados.

Agora, com a demissão de Levy, deputados decidiram acelerar o evento.

RECOMENDAMOS

CONGESTIONAMENTO

Acidente trava o trânsito na Ponte Newton Navarro

EDUCAÇÃO

Governo estadual convoca 588 professores temporários

SEMANA DA SORTE

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 21,5 milhões nesta terça

TENTATIVA DE FUGA

Com tornozeleira 'envelopada', bandido é preso pela PM

COVARDIA

Idoso de 100 anos é ameaçado por bandidos em assalto

FIM DA LINHA

PRF prende homem com carro roubado, arma, droga e tatus

LIMPEZA DAS PRAIAS

Marinha diz que 900 toneladas de óleo foram retiradas

CONFUSÃO

Eduardo Bolsonaro destitui 12 vice-líderes

comentários