Geral

Vá ao balcão e peça La Penha!

Bar cria senha para clientes pedirem ajuda em caso de violência contra a mulher

Barista colou cartaz no banheiro feminino para clientes que se sentirem em perigo irem ao balcão e pedirem o drink La Penha. Essa é a senha para pedir ajuda.

Por Ayrton Freire

13 de março de 2019 | 10:59

“Você está num encontro e a pessoa não é quem dizia ser? Você não está se sentindo segura? Estamos aqui para ajudar. Apenas vá ao bar e peça o drink La Penha. Alguém do bar vai te acompanhar até seu carro, Uber, taxi ou até chamar a polícia,se necessário. Não se cale. Não tenha medo. Você não está sozinha”, diz o cartaz colado pelo proprietários do Caranguejo do Célio no banheiro feminino do estabelecimento localizado em Nova Parnamirim, na Grande Natal.

A ideia partiu de Celiomar Abrantes que, depois de 20 dos 44 anos de vida trabalhando em bares, todo mundo o chama de Célio; e da esposa e sócia dele no negócio, Maria das Graças Abrantes, 34.

A ideia veio justamente da grande experiência de Célio no segmento de bares. “Nunca houve um caso de assédio aqui, mas já aconteceu onde eu trabalhava para outras pessoas, e às vezes eu era orientado, pelo proprietário, a não agir. Também já presenciei na rua e no ônibus, e aí eu reclamei mesmo. Quis nem saber”, relatou.

Foi para evitar casos do tipo no estabelecimento deles que o casal lançou o ‘La Penha’ desde o Carnaval. O ‘drink’ é fictício. “Apenas uma forma que encontramos de ajudar a mulher agredida ou mesmo apenas intimidada a falar com facilidade. É só pedir o ‘La Penha’ que a gente cuida da proteção dela”, explicou. O nome é em referência a famosa Lei Maria da Penha, de proteção à mulher.

Célio do Caranguejo, um homem contra o machismo (Foto: Ayrton Freire/Portal No Ar)

O casal também inovou na sinalização dos banheiros da casa. No lugar de ‘Feminino’, ou de alguma figura que remeta a silhueta de uma mulher, está escrito: “Basta de violência contra a mulher”. As mensagens contra o machismo também estão no sanitário masculino, onde se vê, em letras garrafais: “NÃO É NÃO” e “o verdadeiro homem cuida, ama e protege”.

O casal ressalta que não esperava toda repercussão e mídia, mas aproveita para dizer que o ‘La Penha’ está autorizado a ser reproduzido. “Seria muito bom que outros bares fizessem isso. Podem me procurar que mando com maior carinho ou que façam até melhor”, encerrou.

Veja vídeo da nossa reportagem visitando o bar:

https://www.instagram.com/tv/Bu8z6ddF8oh/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=r5f31eenkf0z

RECOMENDAMOS

CORREÇÃO DOS TEXTOS

Inep libera espelhos da redação do Enem 2018

OCORRÊNCIA

M prende dois e apreende armas e drogas em Ceará-Mirim

GABINETE

Styvenson chamará selecionados "mediante a necessidade"

EVENTO

Senac realiza primeira Semana de Gastronomia em Mossoró

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Alunos do SESI-RN participam de feira científica em SP

ARTES CÊNICAS

Sesc lança 22ª edição do palco giratório

LICITAÇÕES FRAUDULENTAS

Empresários são condenados por desvio de recursos no RN

NATAL

Tarifa da frota de ônibus mais velha do País pode subir

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL