Geral

Vá ao balcão e peça La Penha!

Bar cria senha para clientes pedirem ajuda em caso de violência contra a mulher

Barista colou cartaz no banheiro feminino para clientes que se sentirem em perigo irem ao balcão e pedirem o drink La Penha. Essa é a senha para pedir ajuda.

Por Ayrton Freire

13 de março de 2019 | 10:59

“Você está num encontro e a pessoa não é quem dizia ser? Você não está se sentindo segura? Estamos aqui para ajudar. Apenas vá ao bar e peça o drink La Penha. Alguém do bar vai te acompanhar até seu carro, Uber, taxi ou até chamar a polícia,se necessário. Não se cale. Não tenha medo. Você não está sozinha”, diz o cartaz colado pelo proprietários do Caranguejo do Célio no banheiro feminino do estabelecimento localizado em Nova Parnamirim, na Grande Natal.

A ideia partiu de Celiomar Abrantes que, depois de 20 dos 44 anos de vida trabalhando em bares, todo mundo o chama de Célio; e da esposa e sócia dele no negócio, Maria das Graças Abrantes, 34.

A ideia veio justamente da grande experiência de Célio no segmento de bares. “Nunca houve um caso de assédio aqui, mas já aconteceu onde eu trabalhava para outras pessoas, e às vezes eu era orientado, pelo proprietário, a não agir. Também já presenciei na rua e no ônibus, e aí eu reclamei mesmo. Quis nem saber”, relatou.

Foi para evitar casos do tipo no estabelecimento deles que o casal lançou o ‘La Penha’ desde o Carnaval. O ‘drink’ é fictício. “Apenas uma forma que encontramos de ajudar a mulher agredida ou mesmo apenas intimidada a falar com facilidade. É só pedir o ‘La Penha’ que a gente cuida da proteção dela”, explicou. O nome é em referência a famosa Lei Maria da Penha, de proteção à mulher.

Célio do Caranguejo, um homem contra o machismo (Foto: Ayrton Freire/Portal No Ar)

O casal também inovou na sinalização dos banheiros da casa. No lugar de ‘Feminino’, ou de alguma figura que remeta a silhueta de uma mulher, está escrito: “Basta de violência contra a mulher”. As mensagens contra o machismo também estão no sanitário masculino, onde se vê, em letras garrafais: “NÃO É NÃO” e “o verdadeiro homem cuida, ama e protege”.

O casal ressalta que não esperava toda repercussão e mídia, mas aproveita para dizer que o ‘La Penha’ está autorizado a ser reproduzido. “Seria muito bom que outros bares fizessem isso. Podem me procurar que mando com maior carinho ou que façam até melhor”, encerrou.

Veja vídeo da nossa reportagem visitando o bar:

https://www.instagram.com/tv/Bu8z6ddF8oh/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=r5f31eenkf0z

RECOMENDAMOS

SEGURANÇA

Centro de Comando da Sesed vai monitorar manifestação

TÁ SUJA

Praias em Natal continuam impróprias para banho. Veja.

SEGUE

Veja como é a reforma administrativa aprovada na Câmara

CONGRESSO

Encontro elegerá direção do PSB/Natal visando eleições

AGENDA ECONÔMICA

Fecomércio mostra potencial econômico do RN na Alemanha

FLOPOU

Poucos comparecem e manifestação vira panfletagem

PRÊMIOS

Mega Sena pode pagar R$ 3 milhões neste sábado

IMPRUDÊNCIA

Bêbado foge de blitz e quase atropela pedestres

comentários