Geral

DE MÃOS DADAS COM A INOVAÇÃO

Empresários podem apresentar demandas aos Institutos Senai de Inovação por Whatsapp

Novidade foi lançada esta semana como novo canal de informações para pequenas, médias e grandes empresas.

Por Redação

26 de junho de 2019 | 12:39

Foto: Reprodução

De mãos dadas com a inovação, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) lançou esta semana o novo canal de informações para pequenas, médias e grandes empresas.

Por meio do aplicativo Whatsapp, a equipe nacional de inovação da instituição vai atender empresários de todo Brasil para sanar quaisquer dúvidas. Também é possível enviar demandas e projetos, que serão avaliados pela equipe e encaminhados para o Instituto SENAI de Inovação mais indicado para solucionar o desafio.

“A ideia do Whatsapp surgiu para dar velocidade e agilidade às respostas para as demandas da indústria. Desde as mais simples às mais complexas. Com isso, os empresários possuem agora uma alternativa rápida para entrar em contato, pois pelo telefone nós já vamos encaminhar o problema para o Institutos de Inovação certo”, explica o gerente-executivo de Inovação e Tecnologia, Marcelo Prim.

Ele explica ainda que esse foi apenas o pontapé inicial para uma série de novidades na comunicação entre o SENAI e as empresas. Prim afirma que a ideia é “evoluir para facilitar a interação com as empresas”.

ENTRE EM CONTATO – É possível obter mais informações no site dos Institutos SENAI de Inovação. O Whatsapp da equipe de inovação é o (61) 99628-7337.

RECOMENDAMOS

EDUCAÇÃO

Governo estadual convoca 588 professores temporários

SEMANA DA SORTE

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 21,5 milhões nesta terça

TENTATIVA DE FUGA

Com tornozeleira 'envelopada', bandido é preso pela PM

COVARDIA

Idoso de 100 anos é ameaçado por bandidos em assalto

FIM DA LINHA

PRF prende homem com carro roubado, arma, droga e tatus

LIMPEZA DAS PRAIAS

Marinha diz que 900 toneladas de óleo foram retiradas

CONFUSÃO

Eduardo Bolsonaro destitui 12 vice-líderes

PARA DISTRIBUIDORAS

Preço do gás de cozinha sofre aumento

comentários