Geral

NOVO DESTINO

Entidades de assistência social podem receber doações de produtos fiscalizados pelo Ipem/RN

Na última sexta-feira (17), vários produtos foram destinados para o Instituto Juvino Barreto

Por Redação

21 de maio de 2019 | 14:25

O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN) regularmente realiza doação dos produtos que foram coletados em operações de fiscalização realizadas em estabelecimentos comerciais. Essas doações podem ser feitas para entidades governamentais e de assistência social que se interessem em receber os produtos que vão desde: alimentos não-perecíveis, produtos de higiene e limpeza, produtos têxteis, de material de construção, entre outros.

As fiscalizações visam coibir a venda de mercadorias pré-medidas fora das especificações obrigatórias por lei, além da verificação do peso e quantidade, garantindo uma relação de consumo mais segura. Após a verificação os itens analisados podem ser retirados pela empresa fabricante ou responsável, no prazo de 24 horas. Caso não seja feita a retirada, os produtos são destinados para doação.

De acordo com o diretor-geral do IPEM/RN, Theodorico Bezerra Netto, as doações são feitas de acordo com a demanda das entidades. “É gratificante quando essas doações são destinadas a quem necessita como no caso das entidades de caráter assistencial. Estamos de portas abertas para ajudar essas instituições. Qualquer entidade de cunho social ou governamental pode receber as doações. Também é importante ressaltar que mesmo os produtos reprovados em aspectos metrológicos, mas que não representam risco à saúde ou segurança do consumidor também podem ser doados”, explica.

As entidades que desejarem receber as doações, devem se inscrever no Setor de Pré-medidos do IPEM/RN. Para isso basta que os representantes legais compareçam à sede do instituto para realizarem um cadastro. No caso de entidades de assistência social é necessário apresentar: ofício ao dirigente do órgão solicitando o cadastro, cópia do CNPJ, registro no Conselho de Assistência Social (municipal, estadual ou federal), declaração de que a entidade apresenta-se em dia com a entrega do relatório de atividades, comprovante de endereço, relatório de visita à entidade de assistência social recomendando o cadastro, cópia do estatuto da entidade, cópia de publicação da lei que reconheça a entidade como instituição pública, ata de eleição da última diretoria, as três últimas autenticadas. Para entidades governamentais: ofício ao dirigente do órgão solicitando o cadastro e cópia do CNPJ.

Juvino Barreto recebe 500 kg de alimentos não-perecíveis

Na última sexta-feira (17/05) a entidade contemplada com as doações foi o Instituto Juvino Barreto. A instituição que possui 77 anos de atuação no cuidado com as pessoas da terceira idade e, atualmente, abriga 50 idosos, recebeu do IPEM/RN cerca de 500 kg de alimentos não-perecíveis como: arroz, feijão, açúcar, azeite, suco de uva, molho de tomate, chocolates, entre outros.

RECOMENDAMOS

NEGÓCIOS

Pequenas empresas potiguares expõem no EEBA 2019

AVISO

Alerta: Ventos de 61 km/h podem atingir litoral do RN

TRÂNSITO

Natal: Faixas e semáforos priorizar pedestres, diz STTU

PRODUTO CONTROLADO

PF prende homem com 147 kg de produto usado em drogas

ALTERAÇÃO

Eduardo anuncia decreto sobre acordos internacionais

REFORMA TRIBUTÁRIA

Só simplificar sistema não resolve carga de impostos

REBANHO POTIGUAR

Vacinação contra brucelose é estendida até o fim do mês

TRATADO

Painelistas debatem sobre Acordo Mercosul-UE

comentários