Cultura

ARTE CÊNICA

Espetáculo Mulheres Invisíveis marca abertura do ll Festival de Teatro Pedro Miranda

Programação segue até o próximo sábado 9 e conta com palestras, workshops, capacitações, mesa redonda e show musical

Por Redação

5 de novembro de 2019 | 13:50

Na noite desta segunda-feira (4), a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, através da Fundação Cultural Dona Militana realizou a abertura do ll Festival de Teatro Pedro Miranda. O evento foi marcado pelo espetáculo Mulheres invisíveis, do grupo Estandarte (Natal/RN). A peça teve como inspiração uma chacina de cinco mulheres ocorrida no município de Itajá, localizada no interior do Rio Grande do Norte. Na época, uma operação policial para apreensão e sacrifício de 146 galos de rinha, ganhou mais destaque na mídia que o crime.

O texto, assinado pelo dramaturgo César Ferrario, trouxe ao são-gonçalense a provocação social e política sobre o assunto, abrindo uma reflexão sobre todas as mulheres que são vítimas diariamente.

“É extremamente importante abordar esse tipo de narrativa para a sociedade. A peça reflete sobre a morte violenta dessas cinco mulheres, que foram esquecidas por causa de um abate de galos e a omissão da sociedade para esse tipo de violência”, afirma o diretor do teatro de São Gonçalo, Gleydson Almeida.

Além disso, a estreia do festival foi marcada por um coquetel destinado à população e autoridades do município.

PROGRAMAÇÃO

DIA 05 DE NOVEMBRO DE 2019 (TERÇA-FEIRA)

10h às 12h – Oficina de Teatro – Abraão Lincoln – IFRN;

14h às 16h – Pelas ruas tem Teatro. Uma palestra interativa com Beto Vieira e Anna Celina (Trota Mundos);

19h – Grupo Cangáia. Espetáculo: Morte e Vida Severina;

Ao término do espetáculo, explanação do grupo sobre processo de concepção e montagem com debate aberto ao público.

DIA 06 DE NOVEMBRO DE 2019 (QUARTA-FEIRA)

10h às 12h – Oficina de Teatro – Abraão Lincoln (IFRN);

14h às 16h – Workshop Prático de Teatro Musical – Zeca Santos (Portal Travessia de Ritmos);

19h30 – Grupo Tesap. Espetáculo: Salvem os loucos;

Ao término do espetáculo, explanação do grupo sobre processo de concepção e montagem com debate aberto ao público.

DIA 07 DE NOVEMBRO DE 2019 (QUINTA-FEIRA)

10h às 12h – Oficina de Teatro – Abraão Lincoln (IFRN);

14h às 16h – Capacitação de Projetos Culturais – Anny Dantas (IFRN);

19h30 – Grupo Loucos.com. Espetáculo: Meu nome é Nordeste;

Ao término do espetáculo, explanação do grupo sobre processo de concepção e montagem com debate aberto ao público.

DIA 08 DE NOVEMBRO DE 2019 (SEXTA-FEIRA)

10h às 12h – Oficina de Teatro – Abraão Lincoln (IFRN);

14h às 16h – Oficina: Roda de conversas sobre Teatro de Rua – Grimario Farias (FUNCARTE);

19h30 – Grupo Seis Mestres. Espetáculo: Paraguaçu;

Ao término do espetáculo, explanação do grupo sobre processo de concepção e montagem com debate aberto ao público.

DIA 09 DE NOVEMBRO DE 2019 (SABÁDO)

08h30 às 12h – Café da manhã e vivencia entre os grupos de Teatro do festival – Avaliação do evento com todos os grupos e encaminhamentos para a III Festival;

14h às 16h30 – Mesa Redonda: Caminhos do Teatro: politicas culturais e formação: Lenilton Teixeira – Diretor do Grupo Estandarte, José Neto Barbosa – Gestor de Cultura da Secretaria de cultura de Pernambuco, Makarios Maia – UFRN, Anny Dantas Produção Cultural – IFRN;

19h – Espetáculo convidado – A Mulher Monstro – JOSÉ NETO BARBOSA (Recife/PE);

20h30 – Resultado do festival e entrega das premiações;

21h30 – Show de encerramento no hall do Teatro com França e Marli Miranda

RECOMENDAMOS

MAIS TEMPO

Câmara aprova 30 min de carência em estacionamentos

LUTO

Morre em Miami o rabino Henry Sobel

EDUCAÇÃO

RN tem 11 finalistas na Olimpíada de Língua Portuguesa

PARA CURTIR O FDS

Praias do RN estão próprias para banho

FEIRINHA DE DOMINGO

Mercado Bem-Te-Vi inicia festejos do Natal em Natal

CASAMENTO DE ABEL E BRITNEY

Globo exibe beijo trans em 'A Dona do Pedaço'

SAÚDE EM JOGO

No Brasil, 84% dos jovens não praticam atividade física

SEGURANÇA

Crea fará fiscalização na estrutura do Carnatal

comentários