Cultura

CULTURA NORDESTINA

Estudantes da rede estadual de ensino recebem oficinas de xilogravura

Projeto busca resgatar cultura e tradições nordestinas

Por Redação

25 de junho de 2019 | 13:25

Foto: Raimundo Melo/RPTV

Com o intuito de resgatar a cultura, tradições e história do Nordeste, a Rede Potiguar de Televisão Educativa (RPTV), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Norte (SEEC), está realizando oficinas temáticas, entre elas, a de xilogravura.

A xilogravura é  uma das marcas da identidade da cultura nordestina. A arte consiste na técnica de talhar um pedaço de madeira usando faca e, em seguida, pintar as depressões entalhadas. Alunos da rede de educação pública estadual aprendem essa técnica e outros temas em oficinas temáticas realizadas pela Rede Potiguar de Televisão Educativa (RPTV) e pela Secretaria de Educação e Cultura (Seec).

No projeto, quem ministra a oficina de xilogravura é Erick Lima, professor da rede estadual e artista. Há cerca de 13 anos, ele trabalha com xilografia, técnica que aprendeu a partir da literatura de cordel, outro símbolo da cultura nordestina. Para Erick, o aprendizado sobre xilogravura nas escolas reforça o resgate de tradições e da cultura regional.

Durante as oficinas, os estudantes têm a possibilidade de unir a técnica da arte com aprendizados teóricos. “Geralmente planejamos essa intervenção junto com o docente que nos convidou para que nós possamos relacionar o ensino da técnica com o conteúdo que aquele professor está desenvolvendo”, enfatiza o artista.

Uma das escolas estaduais que realizou a oficina foi a Nestor Lima, localizada no bairro de Lagoa Seca, em Natal. A ideia de levar a oficina para sala de aula foi da professora Vilka Lorena, docente de matemática. Para Lorena, a atividade motivou os alunos, que saíram satisfeitos com o resultado. “Parte dos alunos não conheciam a técnica e se revelaram naquele momento. O brilho nos olhos foi a beleza final da oficina”, relata de forma contente a educadora.

Muito dos estudantes que participaram das oficinas, tiveram contato com a xilogravura pela primeira vez durante a atividade. Ryan Silva, estudante da 1ª série do ensino médio da escola estadual Nestor Lima, relata que a dinâmica foi significativa. “Foi uma experiência muito boa, conheci uma nova arte e consegui aplicar os conhecimentos na prática”, explica o aluno.

Raimundo Melo, coordenador das oficinas de Arte, Cultura e Comunicação realizadas pela RPTV, vinculada a SEEC, explica que as atividades servem como estratégias para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem. “Ao desenvolver metodologias diferenciadas e participativas que coloca em evidência o protagonismo do aluno, isso gera um interesse maior do estudante trabalhar com essas linguagens e estimula o aprendizado, criando novas possibilidades”, destaca Raimundo.

Outras oficinas estão marcadas para serem desenvolvidas durante o próximo semestre. Uma das escolas que será contemplada com a oficina de xilogravura e outras, será a Dioscoro Vale, localizada em Natal.

RECOMENDAMOS

PLANO DIRETOR NO AR

Câmara retoma Fórum do Plano Diretor na segunda-feira

PREVISÃO

Lula diz que PT vai polarizar eleições em 2022

PARA A CHINA

Após acordo, melão produzido no RN pode ser exportado

SEGURO RETIRADO

Em dez anos, DPVAT indenizou mais de 391 mil por morte

VERSÃO MAROMBA

Gracyanne e Belo viram personagens de 'Os Simpsons'

FINALISTA

Grupo do RN na final da Olimpíada da Língua Portuguesa

VAGA DE EMPREGO

Realeza procura faxineiro real para ganhar R$ 80 mil

ANÁLISE DE RESÍDUO

Marinha desloca navio de pesquisa para o Nordeste

comentários