Cultura

CULTURA NORDESTINA

Estudantes da rede estadual de ensino recebem oficinas de xilogravura

Projeto busca resgatar cultura e tradições nordestinas

Por Redação

25 de junho de 2019 | 13:25

Foto: Raimundo Melo/RPTV

Com o intuito de resgatar a cultura, tradições e história do Nordeste, a Rede Potiguar de Televisão Educativa (RPTV), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Norte (SEEC), está realizando oficinas temáticas, entre elas, a de xilogravura.

A xilogravura é  uma das marcas da identidade da cultura nordestina. A arte consiste na técnica de talhar um pedaço de madeira usando faca e, em seguida, pintar as depressões entalhadas. Alunos da rede de educação pública estadual aprendem essa técnica e outros temas em oficinas temáticas realizadas pela Rede Potiguar de Televisão Educativa (RPTV) e pela Secretaria de Educação e Cultura (Seec).

No projeto, quem ministra a oficina de xilogravura é Erick Lima, professor da rede estadual e artista. Há cerca de 13 anos, ele trabalha com xilografia, técnica que aprendeu a partir da literatura de cordel, outro símbolo da cultura nordestina. Para Erick, o aprendizado sobre xilogravura nas escolas reforça o resgate de tradições e da cultura regional.

Durante as oficinas, os estudantes têm a possibilidade de unir a técnica da arte com aprendizados teóricos. “Geralmente planejamos essa intervenção junto com o docente que nos convidou para que nós possamos relacionar o ensino da técnica com o conteúdo que aquele professor está desenvolvendo”, enfatiza o artista.

Uma das escolas estaduais que realizou a oficina foi a Nestor Lima, localizada no bairro de Lagoa Seca, em Natal. A ideia de levar a oficina para sala de aula foi da professora Vilka Lorena, docente de matemática. Para Lorena, a atividade motivou os alunos, que saíram satisfeitos com o resultado. “Parte dos alunos não conheciam a técnica e se revelaram naquele momento. O brilho nos olhos foi a beleza final da oficina”, relata de forma contente a educadora.

Muito dos estudantes que participaram das oficinas, tiveram contato com a xilogravura pela primeira vez durante a atividade. Ryan Silva, estudante da 1ª série do ensino médio da escola estadual Nestor Lima, relata que a dinâmica foi significativa. “Foi uma experiência muito boa, conheci uma nova arte e consegui aplicar os conhecimentos na prática”, explica o aluno.

Raimundo Melo, coordenador das oficinas de Arte, Cultura e Comunicação realizadas pela RPTV, vinculada a SEEC, explica que as atividades servem como estratégias para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem. “Ao desenvolver metodologias diferenciadas e participativas que coloca em evidência o protagonismo do aluno, isso gera um interesse maior do estudante trabalhar com essas linguagens e estimula o aprendizado, criando novas possibilidades”, destaca Raimundo.

Outras oficinas estão marcadas para serem desenvolvidas durante o próximo semestre. Uma das escolas que será contemplada com a oficina de xilogravura e outras, será a Dioscoro Vale, localizada em Natal.

RECOMENDAMOS

MÚSICA

'Hoje tem Samba no Beco' recebe Andiara Freitas

DESAFIO

Campeonato gamer reúne 150 competidores

AGENDA

Curso de segurança pública e mediação policial em Natal

MEIO AMBIENTE

Torneio de rinhas de galo tinha até motos na premiação

POLÍCIA

Homens em carro roubado morrem após perseguição da PM

TRANSPORTE DE CARGAS

ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

DESATIVADDA

Saiu a sentença de recuperação judicial da Multidia

DIÁLOGO

AGN-RN e IMD discutem parceria para startups potiguares

comentários