Brasil e Mundo

MEDIDA DRÁSTICA

Ex-presidente do Peru tenta se matar antes de ser preso

Alan García é acusado de corrupção em caso envolvendo a Odebrecht

Por Estadão Conteúdo

17 de abril de 2019 | 11:42

Foto: Guadalupe Pardo/File Photo/Reuters

O ex-presidente do Peru Alan García tentou se matar na manhã desta quarta-feira, 17, com um tiro na cabeça quando policiais chegaram em sua residência, na capital do país, para prendê-lo por conexões com uma investigação sobre suborno no caso Odebrecht, informou seu advogado.

“Esta manhã aconteceu este acidente lamentável: o presidente tomou a decisão de atirar”, disse Erasmo Reyna na entrada do Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, em Lima.

O hospital indicou que García, de 69 anos, tem “um ferimento de bala na cabeça” e está sendo operado.

A informação de que o ex-presidente – que comandou o Peru de 1985 a 1990 e de 2006 a 2011 – havia tentado tirar a própria vida foi divulgada mais cedo por fontes policiais que pediram para não ser identificadas.

Imagens de emissoras locais de TV mostraram o filho do ex-presidente e apoiadores chegando ao hospital.

A polícia fez um cordão de isolamento para garantir a segurança no local.

RECOMENDAMOS

PODEROSA!

"Hoje sou bem comida e amada", diz Xuxa aos 56 anos

MUDANÇA

Ubaldo Fernandes se desfilia do PTC

INVESTIMENTO

Natal: Espaço cultural Ruy Pereira será revitalizado

PARCERIA

Caixa firma acordo com Comitê Paralímpico

PEQUENOS NEGÓCIOS

Sebrae recebe com otimismo Lei Geral das Microempresas

CCJ DO SENADO

Moro: Caso é absolutamente diferente de áudios de Dilma

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Comissão debate benefícios da campanha Nota Potiguar

INDÚSTRIA

Melhora a confiança do empresário, diz CNI

comentários