Corrupção 01/10/2019 10:26

“Será que Moro descobriu alguma coisa”?

O membro do grupo não identificado no relatório demonstra receio com a ausência do ministro: “(Moro) descobriu algo será”? Delgatti Neto, em tom de ironia, o tranquiliza:

O membro do grupo não identificado no relatório demonstra receio com a ausência do ministro: “(Moro) descobriu algo será”? Delgatti Neto, em tom de ironia, o tranquiliza:

“Ele (Moro) tá com medo, isso sim. Hacker aqui não deixa rastros”, diz, completando: “Hacker de hacker. Você não entendeu ainda. Quem nasceu para ser crash-overlong nunca vai ser hacker aqui”.

Após a quebra de sigilos bancários, autorizados pela Justiça Federal, os investigadores conseguiram rastrear catorze transferências bancárias de Delgatti Neto para o programador Thiago Eliezer Martins Santos, que foi preso na segunda fase da operação, no dia 19.

Nas mensagens, o grupo trata de valores que tiveram origem, segundo a PF, em fraudes bancárias. No dia 7 de maio, Delgatti Neto disse a Marques que havia pago valores a Thiago Eliezer: “Juro que paguei a parte dele, cheia ainda”.

Na mesma mensagem, o hacker encaminhou três comprovantes que comprovam transferências nos valores de 12.500 reais, 4.000 reais e 4.500 reais.

Deu em Veja

Ricardo Rosado

Descrição Diretor do Portal No Ar e Repórter do Fatorrrh.

todos os blogs