Economia

MAIS CARA

Feijão e tomate elevam preço da cesta básica em Natal

Alta na cesta é de 6,75% de janeiro a fevereiro. Banana e açúcar também puxaram alta

Por Redação

12 de março de 2019 | 14:39

Preço do feijão dispara em fevereiro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em fevereiro de 2019, em Natal, a cesta de alimentos básicos aumentou 6,75% em comparação com janeiro e custou R$ 375,58. Entre as 18 capitais pesquisadas pelo DIEESE, a capital potiguar teve a terceira cesta com menor custo. Em 12 meses, a variação foi de 7,63% e nos dois primeiros meses de 2019, de 10,01%.

Entre janeiro e fevereiro de 2019, sete produtos tiveram alta: feijão carioquinha (47,60%), tomate (17,58%), banana (16,52%), açúcar refinado (5,56%), carne bovina de
primeira (0,82%), manteiga (0,35%) e pão francês (0,11%). Cinco produtos apresentaram redução de preço: café em pó (-2,72%), farinha de mandioca (-1,99%), leite integral (-0,91%), arroz agulhinha (-0,90%) e óleo de soja (-0,26%).

Em 12 meses, oito produtos acumularam alta: feijão carioquinha (110,90%), pão francês (13,74%), arroz agulhinha (9,33%), açúcar refinado (9,29%), manteiga (5,98%), carne bovina de primeira (5,36%), óleo de soja (2,66%) e banana (0,78%). Já a farinha de mandioca (-16,26%), o tomate (-7,48%), o leite integral (-7,14%) e o café em pó (-4,19%) acumularam taxas negativas.

O trabalhador natalense, cuja remuneração equivale ao salário mínimo necessitou cumprir jornada de trabalho de 82 horas e 47 minutos, em fevereiro de 2019, para comprar a cesta. Em janeiro, o tempo necessário foi de 77 horas e 34 minutos. Já em fevereiro de 2018, a jornada média foi de 80 horas e 28 minutos.

Em fevereiro de 2019, o custo da cesta em Natal comprometeu 40,91% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários), percentual maior o que o de janeiro, quando ficou em 38,32%. Em fevereiro de 2018, representava 39,76%.

RECOMENDAMOS

INVESTIGAÇÃO

Polícia pega um dos suspeitos de matar moradora de rua

MODA

Desfile do SENAI fala da comunicação através da moda

LEIA NOTA

Fátima diz que respeita lei que concede 13º a deputados

NOTA DA AL

Deputados têm 13º e 1/3 de férias como todo servidor

RECONHECIMENTO

FIERN recebe prêmios por atuação na educação e cultura

É OURO

Vôlei de praia: Ana Patrícia e Rebecca levam o título

TELECOMUNICAÇÕES

Anatel inicia bloqueio de celulares irregulares no RN

NA LIDERANÇA

América atropela Palmeira fora de casa pelo Estadual

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL