Economia

SONDAGEM INDUSTRIAL

Fiern: Atividade da construção potiguar modera queda em julho

Indicadores de expectativas para os próximos seis meses apontam pessimismo pelo quarto mês seguido

Por Redação

23 de agosto de 2019 | 15:06

Foto: Arquivo/Portal No Ar

A Sondagem Indústria da Construção, elaborada pela FIERN, aponta que a atividade do setor registrou nova queda em julho, embora menos intensa do que no levantamento de junho; e permaneceu abaixo do padrão usual para o período, tendência que se repete ininterruptamente desde fevereiro de 2013. Acompanhando o desempenho negativo da atividade, o número de empregados também recuou; e o nível médio de Utilização da Capacidade de Operação (UCO) declinou de 43% para 33%.

Em agosto, os indicadores de expectativas para os próximos seis meses, apontam pessimismo pelo quarto mês seguido, no que diz respeito ao nível de atividade, às compras de insumo e matérias-primas, aos novos empreendimentos e serviços e ao número de empregados. O indicador de intenção de investimento, por sua vez, voltou a cair, após dois meses consecutivos apresentando melhora.

Comparando-se os indicadores avaliados pela Sondagem Indústria da Construção potiguar com os resultados nacionais divulgados em 23/08 pela CNI, observa-se que, de um modo geral, as avaliações convergiram, com a diferença de que os empresários nacionais esperam crescimento no nível de atividade, nas compras de insumo e matérias-primas, nos novos empreendimentos e serviços e no número de empregados nos próximos seis meses. Ressalte-se que essa tendência otimista vem se repetindo pelo décimo mês consecutivo.

Confira a íntegra da Sondagem Indústria da Construção do RN: https://www.fiern.org.br/wp-content/uploads/2019/08/Sondagem-Industria-da-Const_jul19.pdf 

RECOMENDAMOS

TRABALHO INCESSANTE

Bombeiros apagam mais focos de incêndio em Patu

PERFIL

Maioria dos ‘MEIs’ do RN desenvolve a atividade em casa

RECURSOS

Projeto quer proteger municípios de retenção do FPM

POLÍTICA

Maia diz que Fundo Eleitoral equilibra campanhas

TRABALHO NA SERRA DO LIMA

Corpo de Bombeiros mantém combate a incêndio em Patu

ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Brumadinho: Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões

PLANO DIRETOR NO AR

Plano Diretor: evolução depende da maioria,diz prefeito

PROGRAMAÇÃO

Fiern participa de encontro sobre Fundo Constitucional

comentários