Economia

QUEDA

Fiern: Confiança da indústria potiguar volta a cair em maio

Índice caiu 4,4 pontos em maio, passando de 57,0 para 52,6 pontos

Por Redação

21 de maio de 2019 | 15:25

Arquivo/Agência Brasil

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Rio Grande do Norte caiu 4,4 pontos em maio, passando de 57,0 para 52,6 pontos, mas segue acima da linha divisória de 50 pontos, apontando confiança do empresário (valores acima de 50 pontos indicam confiança), embora em menor intensidade. Este foi o terceiro mês seguido de queda, acumulando recuo de 10,9 pontos no período. Destaque-se que esta retração no nível de confiança reflete a combinação de piora nas condições correntes de negócios e expectativas menos otimistas para os próximos seis meses.

Os empresários da Construção apontam falta de confiança, enquanto os das Indústrias Extrativas e de Transformação se revelam apenas menos confiantes do que em abril. Com relação aos portes de empresa pesquisados, verifica-se que as médias e grandes indústrias se mantem confiantes, enquanto as pequenas se mostram neutras.

 

Foto: Reprodução/Fiern

 

De acordo com a CNI, a confiança do empresário brasileiro registra a quarta retração consecutiva, mas mantem-se elevada.

O ICEI nacional recuou 1,9 ponto em maio, para 56,5 pontos (contra 58,4 pontos do levantamento de abril), acumulando perda de 8,2 pontos nos últimos quatro meses. Registre-se, ainda, que, diferentemente do Rio Grande do Norte, no conjunto do país, as pequenas empresas e a indústria da Construção mantem-se confiantes. Apesar dessa sequência quedas, o ICEI do Brasil está 1,0 ponto acima do registrado em maio de 2018 e 2,0 pontos acima da média histórica do indicador (54,5 pontos). O ICEI do Nordeste, por sua vez, caiu 0,5 ponto em maio, passando de 56,0 para 55,5 pontos. No período de janeiro a maio, a região registra queda de 7,9 pontos no nível de confiança.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial é um indicador de difusão que varia de 0 a 100, elaborado mensalmente a partir de seis perguntas de sentimento do empresário, inclusas nos questionários da Sondagem Industrial e da Sondagem Indústria da Construção, referentes às condições atuais e às expectativas para os próximos seis meses com relação à economia brasileira, à economia potiguar e à própria empresa.

Confira aqui a íntegra do ICEI/FIERN: https://www.fiern.org.br/wp-content/uploads/2019/05/ICEI_mai2019.pdf

RECOMENDAMOS

SEMIABERTO

Ex-governador Fernando Freire deixa a prisão

CONDENADO

Pedreiro que matou menina Iasmin pega 31 anos de prisão

PROTEÇÃO

Preocupação com segurança de dados é a maior em 10 anos

EXPECTATIVA

Lei da Microempresa deve gerar empregos,diz Álvaro Dias

QUINTO CONSTITUCIONAL

OAB realiza sabatina com os 23 candidatos ao TRT21

EXPLICAÇÕES

Moro nega existência de acordo para assumir vaga no STF

OTIMISMO

Lei dará "condições especiais" às microempresas, diz CD

TV NO AR

Veja propostas de Marisa Almeida na eleição do Quinto

comentários