Economia

DE JANEIRO A MAIO

Fiern: Exportações do Rio Grande do Norte crescem 25%

Melões, melancias, sal, tecidos de algodão e castanhas de caju foram os produtos com maiores valores exportados no período.

Por Redação

13 de junho de 2019 | 09:04

Foto: Tatiana Seabra/IPA)

As exportações do Rio Grande do Norte de janeiro a maio ficaram 25,2% maiores que as do mesmo período de 2018. Melões, melancias, sal, tecidos de algodão e castanhas de caju foram os produtos com maiores valores exportados no período.

As exportações de maio foram 6,1% menores que as de abril deste ano e 11,7% maiores que as de maio do ano passado. Os números foram sistematizados e divulgados pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) do Sistema FIERN.

Os percentuais excluem os “itens temporários”. No período, houve duas exportações de alto valor, mas que se caracterizam como “exportações temporárias” de equipamentos para manutenção no exterior: um Turborreator (turbina) de empresa petroleira no valor de US$ 21.7 milhões e um embarque de “outras aeronaves” no valor de US$ 25.5 milhões. Essas exportações não foram consideradas no cálculo da variação das exportações. As análises são baseadas nos demais produtos da pauta regularmente exportados, evitando assim as distorções estatísticas resultantes da inclusão desses referidos itens.

Foto: Divulgação/Fiern

RECOMENDAMOS

COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO

Governo estuda reduzir imposto de produtos tecnológicos

EMOÇÃO E MUITA GENTE

Natal:Público recorde e homenagens encerram São João

BRAÇOS CRUZADOS

PM entra em greve por reajuste 'impossível' de 60%

EM CARTA

Presidente do BNDES pede demissão após ameaça de Bolson

FUTEBOL

ABC perde na estreia de Roberto Fernandes

PREVIDÊNCIA

Parecer da reforma é bem recebido pelo mercado

LUTO

Mundo político homenageia jornalista Allan Darlyson

OPERAÇÃO BROADWAY

PF investiga estelionato contra Caixa Econômica Federal

comentários