Economia

LIDERANÇAS E INSTITUIÇÕES

Fiern participa de reunião da Câmara Setorial da Indústria em Caicó

No evento, o Sebrae mostrou que das 108 oficinas de costura do RN, 60 estão presentes no Seridó, gerando emprego e renda em 16 municípios

Por Redação

17 de junho de 2019 | 12:47

Foto: Reprodução/Fiern

Lideranças e instituições representativas do setor industrial do Rio Grande do Norte, FIERN, Governo do Estado, Secretaria de Desenvolvimento Econômico – SEDEC, instituições de ensino e pesquisa voltadas à tecnologia e inovação, como IFRN e UERN, realizaram mais uma reunião da Câmara Setorial da Indústria.

O encontro foi em Caicó, na sede Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó – ADESE. A reunião aconteceu no interior do Estado por Caicó sediar no mesmo período a FENECITI, Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação, evento que também contou com o apoio do Sistema FIERN.

A Câmara Setorial da Indústria foi criada recentemente com o objetivo de aprofundar o diálogo entre indústria, governo e entidades, permitindo conhecer as demandas que exigem melhoramento para fomentar o desenvolvimento do setor empresarial e industrial. O coletivo de instituições também tem a função de elaborar propostas para o poder público, definir prioridades, acompanhar os projetos implementados e facilitar os mecanismos de governança.

A FIERN esteve representa na reunião pelo vice-presidente Francisco Vilmar Pereira e pelo chefe de gabinete Fernando Bezerra. Uma das pautas da reunião foi a apresentação do gerente do Escritório Regional do Sebrae em Caicó, Pedro Medeiros, sobre potencialidades econômicas do Seridó, entre elas, a indústrias de confecções, de alimentos e mineração.

O Sebrae mostrou que das 108 oficinas de costura do Rio Grande do Norte, 60 estão presentes no Seridó, gerando emprego e renda em 16 municípios, representando a geração de 2500 empregos diretos. Hoje os principais parceiros são as empresas âncoras Hering e Guararapes. Para o gerente do Sebrae, o desafio agora é ampliar a capacidade instalada e captar novos parceiros. Ele também citou a iniciativa de empresas de costura começarem a entrar no mercado de marcas próprias.

O diagnóstico do Sebrae expôs diversos números e a constatação do crescimento da indústria no Seridó, apontando também os gargalos que impedem um melhor desenvolvimento dos empreendimentos.

A professora Patrícia Maia, assessora de relações institucionais do IFRN, apresentou durante a reunião o projeto da Secitex – V Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão do Instituto Federal, que deve acontecer em outubro de 2019.

Entre as sugestões de ações para impulsionar o Seridó, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, falou da necessidade de Caicó ter um abatedouro moderno. “Um equipamento que possa fazer ‘jus’ à fama da carne de sol caicoense, nos padrões de higiene, e que agregue uma fábrica de embutidos para viabilizar o setor na região”, citou Jaime Calado, garantindo que discutirá essa pauta com a prefeitura e outros órgãos. Outra sugestão do secretário de Estado foi a importância de centro de corte para beneficiar o setor de confecções e as oficinas de costura.

O vice presidente da FIERN, Vilmar Pereira, elogiou a terceira edição da reunião e disse ter se surpreendido com os números apresentados pelo Sebrae. Vilmar também sugeriu propostas como o desconto dos títulos nas negociações entre governo e empresários. “O governo quer comprar do pequeno produtor, mas para isso ele tem que dar garantias que vai pagar em dia e via AGN (Agência de Fomento) esse problema seria solucionado”, destacou o vice-presidente da FIERN.

Também participaram da reunião representantes da ACISC – Associação Comercial, Industrial e Serviços de Caicó, a Agência de Fomento do RN, a Associação Seridoense de Confecções, o Sindicato da Indústria de Bonelaria e Chapelaria do RN, o Banco do Nordeste, entre outros.

RECOMENDAMOS

MÚSICA

'Hoje tem Samba no Beco' recebe Andiara Freitas

DESAFIO

Campeonato gamer reúne 150 competidores

AGENDA

Curso de segurança pública e mediação policial em Natal

MEIO AMBIENTE

Torneio de rinhas de galo tinha até motos na premiação

POLÍCIA

Homens em carro roubado morrem após perseguição da PM

TRANSPORTE DE CARGAS

ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

DESATIVADDA

Saiu a sentença de recuperação judicial da Multidia

DIÁLOGO

AGN-RN e IMD discutem parceria para startups potiguares

comentários