Geral

CRIME

Filha mata pai envenenado no Hospital Giselda Trigueiro

Segundo a PM, a mulher disse que queria acabar com sofrimento dele

Por Redação

15 de janeiro de 2019 | 16:19

Uma mulher matou o pai envenenado nesta terça-feira (15) dentro do Hospital Giselda Trigueiro. O homem que era portador de HIV, de acordo com informações passadas pela polícia, estava internado em estado grave.

Ainda segundo a PM, a suspeita disse ter envenenado o pai para diminuir o sofrimento dele e teria utilizado veneno para carrapatos.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN). A necrópsia e o exame toxicológico devem identificar as causas da morte.

A suspeita foi conduzida para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai investigar o caso.

RECOMENDAMOS

Chuvas

Mais duas barragens estão com alto risco de rompimento

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

comentários