Política

ORÇAMENTO EXTRA

Governo enviará projeto à Assembleia para pagar décimo terceiro salário

Quanto às folhas em atraso, apenas uma deverá ser paga em 2019

Por Redação

19 de novembro de 2019 | 15:22

A equipe do Governo do RN, que está sendo governado até o dia 4 pelo vice Antenor Roberto, apresentou as definições aos servidores sobre o pagamento dos salários de dezembro, décimo-terceiro e folhas em atraso de 2018. Em reunião nesta tarde (19) com o Fórum dos Servidores, ficou acertado que os salários do mês serão pagos nos dias 14 e 30, seguindo os mesmos valores efetivados em novembro. Já o décimo-terceiro precisará de uma aprovação da Assembleia Legislativa para garantir que haja orçamento, já que, segundo o Governo, não houve dotação extra prevista no que foi aprovado em 2018.

O projeto deverá ser enviado aos deputados estaduais já nesta quarta-feira (20) com pedido de urgência. Se for aprovado, a previsão é de quitar o décimo deste ano até o dia 31 de dezembro.

Os servidores cobraram também o pagamento das folhas em atraso de novembro, dezembro e décimo-terceiro de 2018 deixadas pelo governo anterior, mas a equipe econômica disse na reunião que acredita que ser possível para este ano quitar apenas o restante da folha de novembro atrasada.

O Fórum voltará a se reunir no próximo dia 17 de dezembro para concluir as definições para fechar o ano e os encaminhamentos para o próximo ano, especialmente em relação ao que ainda ficará em atraso referente a 2018.

RECOMENDAMOS

ESTUDO

Funcionalismo custa R$ 750 bi com 11,4 mi de servidores

AGENDA CULTURAL

Fim de semana tem espetáculo de Natal e muito samba

ALÉM DO LIMITE

Prefeitura toma material de quiosques de Ponta Negra

OPERAÇÃO HESPÉRIDES

Com ação no RN, PF investiga grupo por negociar ouro

ASSISTA!

Netflix divulga trailer da segunda temporada de You

BATEU A SAUDADE?

Thiaguinho chora ao cantar música que fez pra Fernanda

DIREITO GARANTIDO

Portadores de AIDS podem ter isenção de impostos

ABSURDO

Natal: Policial é atropelado durante blitz da Lei Seca

comentários