Geral

EM CERRO-CORÁ

Governo quer recuperar nascente do Rio Potengi

Grupo vai mapear situação do local

Por Redação

2 de maio de 2019 | 06:21

Rio Potengi em Ielmo Marinho (Foto: Heilysmar Lima)

Berço do Rio Grande do Norte, o rio Potengi passou a ter uma atenção do Governo do Estado. O Executivo iniciou na terça-feira (30) os trabalhos para recuperar a nascente do rio, localizada em Cerro-Corá. Um grupo de trabalho envolvendo o Governo Cidadão, Idema, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Emater, Sedraf e Prefeitura de Cerro-Corá foi criado.

Capitaneada pelo secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, a reunião teve como primeira definição o levantamento de projetos e ações em curso ou já realizadas na nascente do rio. O grupo de trabalho ficou incumbido de mapear tudo que já foi feito por diversas instituições nesse sentido para apresentar na próxima reunião, marcada para o dia 10 de maio. Neste encontro será agendada uma visita in loco à nascente, para conhecer as necessidades com vistas à recuperação.

“Queremos reunir todos os projetos em curso na nascente do Potengi e outros ao redor do Brasil para subsidiar nosso trabalho. A bacia envolve 176 km de extensão, mas iremos começar na nascente, com um trabalho de recuperação, diálogo e conscientização da população local”, pontua Mineiro. Uma das ideias discutidas na reunião é que o potencial agrícola da região seja aproveitado em conjunto com o turístico, em razão de Cerro-Corá ser o berço do Rio Potengi – algo pouco aproveitado atualmente. A criação de um Comitê da Bacia Hidrográfica do Potengi, iniciativa de responsabilidade da Semarh, também foi debatida como uma ação decisiva para recuperação do rio.

A intenção do Governo é realizar uma série de ações na nascente do rio no próximo dia 5 de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Também participaram da reunião o titular da Sedraf, Alexandre Oliveira, o diretor da Emater César Oliveira, o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo de Cerro-Corá, Adevaldo da Silva, a assessora técnica do Idema Ana Maria Marcelino, o assessor técnico da Semarh, Robson Henrique, os consultores ambientais do Governo Cidadão Andréa Baptista e Filipe de Mello e o consultor social Marcelo Leal. Quem tiver desenvolvido ações ou projetos de recuperação da nascente do rio, ou tiver sugestões que possam subsidiar o trabalho do Governo do Estado, pode encaminhar e-mail para gtnascentedopotengi@gmail.com.

RECOMENDAMOS

PAGAMENTOS

Abono do PIS/Pasep começa a ser pago na próxima quinta

PRISÃO PREVENTIVA

MPCE pede prisão de médico que abusou de pacientes

MAIS PRA FRENTE

Liberação do FGTS é adiada, afirma Lorenzoni

SEGURANÇA

Polícia vai reforçar fiscalização nas rodovias do RN

SÃO JOÃO

"Festa do Sabugo" começa hoje em Parnamirim

OPORTUNIDADES

Sine oferece 150 vagas de emprego em todo RN

PRODUÇÃO ARTESANAL

Quinta-feira marcada por assinatura da Lei do Selo Arte

INVESTIGAÇÃO

Por bônus, grupo indicava mortos para app de transporte

comentários