Geral

EM CERRO-CORÁ

Governo quer recuperar nascente do Rio Potengi

Grupo vai mapear situação do local

Por Redação

2 de maio de 2019 | 06:21

Rio Potengi em Ielmo Marinho (Foto: Heilysmar Lima)

Berço do Rio Grande do Norte, o rio Potengi passou a ter uma atenção do Governo do Estado. O Executivo iniciou na terça-feira (30) os trabalhos para recuperar a nascente do rio, localizada em Cerro-Corá. Um grupo de trabalho envolvendo o Governo Cidadão, Idema, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Emater, Sedraf e Prefeitura de Cerro-Corá foi criado.

Capitaneada pelo secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, a reunião teve como primeira definição o levantamento de projetos e ações em curso ou já realizadas na nascente do rio. O grupo de trabalho ficou incumbido de mapear tudo que já foi feito por diversas instituições nesse sentido para apresentar na próxima reunião, marcada para o dia 10 de maio. Neste encontro será agendada uma visita in loco à nascente, para conhecer as necessidades com vistas à recuperação.

“Queremos reunir todos os projetos em curso na nascente do Potengi e outros ao redor do Brasil para subsidiar nosso trabalho. A bacia envolve 176 km de extensão, mas iremos começar na nascente, com um trabalho de recuperação, diálogo e conscientização da população local”, pontua Mineiro. Uma das ideias discutidas na reunião é que o potencial agrícola da região seja aproveitado em conjunto com o turístico, em razão de Cerro-Corá ser o berço do Rio Potengi – algo pouco aproveitado atualmente. A criação de um Comitê da Bacia Hidrográfica do Potengi, iniciativa de responsabilidade da Semarh, também foi debatida como uma ação decisiva para recuperação do rio.

A intenção do Governo é realizar uma série de ações na nascente do rio no próximo dia 5 de junho, quando é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Também participaram da reunião o titular da Sedraf, Alexandre Oliveira, o diretor da Emater César Oliveira, o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo de Cerro-Corá, Adevaldo da Silva, a assessora técnica do Idema Ana Maria Marcelino, o assessor técnico da Semarh, Robson Henrique, os consultores ambientais do Governo Cidadão Andréa Baptista e Filipe de Mello e o consultor social Marcelo Leal. Quem tiver desenvolvido ações ou projetos de recuperação da nascente do rio, ou tiver sugestões que possam subsidiar o trabalho do Governo do Estado, pode encaminhar e-mail para gtnascentedopotengi@gmail.com.

RECOMENDAMOS

Tragédia

Vítima de acidente fatal era rainha de carnaval

TRAGÉDIA

Mulher morre em acidente no 'Prolongamento da Prudente'

EDUCAÇÃO

UERN abre processo seletivo para contratar professores

FUTEBOL

América empata e segue invicto na Série D

VIOLÊNCIA

Após briga de faca entre alunas, escola convoca reunião

GRANDE NATAL

Prefeito sanciona Lei do Plano de Cargos da Saúde

VIOLÊNCIA

Jovem é encontrado morto com mãos e pés amarrados

ALUNO POR UM DIA

Dorgival realiza sonho, e aula na UFRN termina em forró

comentários