Esportes

SURFE

Italo Ferreira e Jadson André avançam no Circuito Mundial

Baía Formosa e Ponta Negra seguem firmes no campeonato

Por Estadão Conteúdo

13 de maio de 2019 | 10:29

Foto: Reprodução

Medina, Italo e Filipinho passam à 3ª fase em dia de estreia na etapa de Bali

O surfe brasileiro teve um bom início na etapa de Bali, na Indonésia, a terceira da temporada de 2019 do Circuito Mundial. Nesta segunda-feira, oito dos 11 representantes brasileiros conseguiram a classificação direta à terceira fase na praia de Teramas, entre eles os três de maior destaque: Gabriel Medina, Italo Ferreira e Filipe Toledo. Deivid Silva, William Cardoso e Jessé Mendes são os três que terão de disputar a repescagem na segunda fase.

Vice-campeão na etapa de Bells Beach, na Austrália, no mês passado, Filipe Toledo mostrou que é um dos grandes favoritos a levar o título em Bali. O brasileiro acertou o “aéreo reverse” mais alto do campeonato para tirar a maior nota (9,00) e somatório (16,17) do dia. Ele avançou ao lado do compatriota Peterson Crisanto (10,40), mandando o australiano Jacob Willcox (7,60) para a repescagem.

Segundo colocado da temporada – atrás apenas do havaiano John John Florence -, Ítalo Ferreira estreou na quarta bateria com uma tornozeleira no pé direito por conta uma torção que ele sofreu há uma semana. Campeão em Bali no ano passado, o potiguar dominou o confronto contra o compatriota Caio Ibelli e o havaiano Ezekiel Lau do início ao fim.

“Estou muito feliz de estar de volta e começar bem. Estou muito confiante. Ano passado tive um dos meus melhores momentos aqui em Keramas e vamos tentar de novo. Há uma semana, eu machuquei meu tornozelo treinando. Não foi uma lesão grande, mas o meu médico veio do Brasil, me ajudou e agora estou pronto”, disse Ítalo, em entrevista à Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês).

Gabriel Medina passou sufoco, mas também garantiu a classificação para a terceira fase com virada no fim. Com a maré baixando, as ondas começaram a ficar mais escassas na bateria do atual bicampeão mundial. O paulista teve dificuldades no confronto contra o brasileiro Deivid Silva e o indonésio Rio Waida. O surfista local de 18 anos venceu com um total de 9,60 pontos e Medina só garantiu a classificação nos instantes finais com duas ondas que renderam 9,54 pontos no total, contra 6,77 de Deivid, que caiu para a repescagem.

Outros três brasileiros também avançaram nesta segunda-feira: Yago Dora, Jadson André e Michael Rodrigues. Atual número 1 da temporada, John John Florence abriu a competição com uma vitória sobre o italiano Leonardo Fioravanti e o brasileiro Michael Rodrigues.

RECOMENDAMOS

SELEÇÃO PÚBLICA

Grafiteiros serão contratados para arte em Areia Preta

TECNOLOGIA NO JUDICIÁRIO

Corregedoria do RN adota sistema para eliminar papel

INDÚSTRIA DE BEBIDAS

Fiern participa de Intercâmbio de Lideranças Setoriais

MODERNIZAÇÃO

Justiça do RN inclui processos em sistema eletrônico

LIMINAR

Decisão de Toffoli é usada para derrubar processos

PARCERIA

Natal terá programa para erradicar analfabetismo

CONFIRA

Lista de espera do ProUni já está disponível

OUSADIA NA CRIMINALIDADE

PM apreende adolescentes após arrastão em restaurante

comentários