Geral

PRIMEIRO TRIMESTRE

ITEP-RN emite mais de 70 mil carteiras de identidade em 2019

Documento é emitido em 22 Centrais do Cidadão

Por Redação

5 de abril de 2019 | 14:18

No primeiro trimestre do ano, o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), por meio do Instituto de Identificação, realizou a emissão de 70.494 documentos de identidade, garantindo cidadania aos potiguares.

“A emissão do RG é um grande papel social do ITEP-RN para todo o Estado, estamos sempre buscando aperfeiçoar e universalizar o acesso por meio de agendamento eletrônico, parcerias com as Câmaras Municipais, e em breve teremos o pleno funcionamento da Central de Identificação e a modernização dos procedimentos com a identidade biométrica”, destacou o diretor geral do ITEP-RN, Marcos Brandão.

Atualmente as carteiras de identidade são emitidas em 22 Centrais do Cidadão espalhadas pelo estado, com agendamento eletrônico para marcação de dia e horário de atendimento. Além disso, por meio de convênio com a Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM), em 76 Casas Legislativas é possível a emissão da 1ª via do documento de forma gratuita.

A expectativa da Direção Geral do ITEP-RN é que no segundo semestre já esteja em funcionamento o procedimento de coleta de dados de forma biométrica, o que permitirá maior segurança do documento, além de auxiliar no enfrentamento à criminalidade, evitando por exemplo a emissão de RG falso, além de identificar possíveis autores de delito que deixam impressões digitais em locais de crime.

RECOMENDAMOS

BALANÇO

Número de assassinatos no feriado é o menor desde 2015

NOVO REGIME

Governo assina com aéreas redução de imposto para QAV

ARTE

Exposição põe na balança ego e moralidade

SISTEMA FIERN

Coere discutirá licenciamento de projetos fotovoltaicos

SALVANDO VIDAS

Hemonorte realiza campanha de doação de medula óssea

PROTESTO

Policiais civis fazem paralisação nesta terça-feira

HEROICO

Bombeiro do RN cumpre missão humanitária em Moçambique

COPA AMÉRICA

Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas

comentários