Interior

OBRA REJEITADA

Jardim do Seridó: Prefeitura terá que explicar obra que retira calçamento do centro histórico

Licitação foi suspensa após reclamações e pedido do MPRN

Por Redação

14 de agosto de 2019 | 16:45

Centro de Jardim do Seridó. Foto: Reprodução/You tube/José Ricardo Silva dos Santos

A Prefeitura Municipal de Jardim do Seridó, no interior do Rio Grande do Norte, terá que prestar esclarecimentos sobre a obra de asfaltamento no centro da cidade para a qual lançou procedimento licitatório. O Ministério Público local está cobrando informações sobre a obra, após vereadores e a população reclamarem que a iniciativa vai desfigurar o centro histórico, cujo calçamento data de mais de 200 anos. O prefeito Amazan Silva (PSD) já Suspensão do afastamento enquanto responde aos questionamentos do órgão ministerial.

O líder da Oposição ao prefeito na Câmara Municipal, vereador Iron Júnior (PSB), conta que a área conhecida como Centro Histórico de Jardim do Seridó tem mais de 250 anos e o calçamento continua em boas condições estruturais e as ruas com fluxo organizado. “Não há defeito no calçamento. Além disso, o novo material, vai esquentar ainda mais a cidade e para a manutenção o custo será maior. A obra não preserva a história da cidade e esse investimento de R$ 250 mil poderia calçar umas cinco ou seis ruas da cidade que realmente precisam porque estão em péssimas condições”, relata o vereador.

A promotoria local do Ministério Público Estadual quer saber sobre como o processo licitatório está sendo realizado, além de informações sobre o impacto urbanístico e ambiental que deve ser causado pelo asfaltamento das ruas do centro da cidade na ordem urbanística do município. Segundo a assessoria do Ministério Público, ainda não foi emitido nenhuma recomendação porque o procedimento está em fase de análise, aguardando as informações da prefeitura no prazo de dez dias.

RECOMENDAMOS

MAIS VOOS

Azul Viagens anuncia um aumento de voos para Natal

DESESPERO

Yudi fica na mão de bandidos em assalto

SANÇÃO PRESIDENCIAL

Bolsonaro sanciona com vetos MP da Liberdade Econômica

PECULATO

Deputado é denunciado por desvio de R$ 2 mi da Câmara

TALENTO DA CASA

Artista potiguar vence concurso internacional de arte

BALNEABILIDADE

Grande Natal: Uma praia se mantém imprópria para banho

ORÇAMENTO

Governo desbloqueia R$ 8,3 bilhões do Orçamento

LIBERADOS

Mais 3 vítimas de incêndio no Hospital Badim têm alta

comentários