Geral

INADIMPLÊNCIA

Justiça bloqueia R$ 1,1 milhão de três cidades potiguares

TJRN deteve valores do Fundo de Participação dos Municípios

Por Redação

16 de abril de 2019 | 12:11

Foto: Eduardo Maia

A Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do RN determinou o bloqueio de contas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de três cidades potiguares para pagamento de credores.

Guamaré, no Central Potiguar, teve R$ 886.738,89 bloqueados, enquanto Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal, teve R$ 190.257,18 e Grossos, no Oeste Potiguar, teve R$ 76.869,48 bloqueados.

De acordo com o TJRN, Ceará-Mirim, que faz parte do Regime Especial, estava em atraso com repasses de janeiro e março deste ano. Com a inadimplência, o juiz Bruno Lacerda, responsável pela Divisão de Precatórios, deu dez dias para que a situação fosse regularizada ou que fosse apresentado um plano de pagamento. Como o município não atendeu à ordem, o valor foi sequestrado.

Já em Guamaré, que é do Regime Geral, a Justiça concedeu 30 dias para que o município pagasse o débito de um credor que requereu o pagamento, vencido em 31 de dezembro de 2018. O prazo transcorreu sem que a dívida fosse paga. O requerimento foi feito pelo segundo credor da ordem cronológico e, por isso, ele e o primeiro da lista receberão os valores. Com isso, o saldo abatido será para os dois credores.

Em Grossos, que também é do Regime Especial, a inadimplência se estende desde dezembro de 2018.

RECOMENDAMOS

EVENTO

Palestra discute situação do Instituto Santos Dumont

BALANÇO

Saldo de empregos tem pior mês de março desde 2016

PRAZO ACABANDO

Mais de 320 mil ainda não pagaram o IR de 2019 no RN

SUSTO!

Moradores confundem fogos com alerta de evacuação

BENZA DEUS!

Cauã Reymond posta foto sexy e tamanho choca seguidores

'DESERTO'

Pregão que Estado usaria para pagar servidores fracassa

MAIS TEMPO

Emissão de RGs terá horário ampliado no RN

TRÂNSITO SEGURO

STTU leva a campanha Maio Amarelo ao Mercado Bem-Te-Vi

comentários