Geral

SAÚDE PÚBLICA

Justiça determina conserto imediato de tomógrafo do Walfredo Gurgel

Decisão analisa violação a direito de usuários do SUS

Por Redação

23 de abril de 2019 | 11:41

Foto: Divulgação/Sesap

A 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal determinou que a empresa Philips Medical Systems Ltda conserte, imediatamente, o tomógrafo atualmente sem funcionamento do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Ao Estado ficou determinado que arque com os custos do conserto, após apresentação das notas fiscais, sob pena de bloqueio judicial.

Se o tempo de reparo do tomógrafo for superior a cinco dias, por ausência de peças de reposição, a Justiça determinou que o Estado adote, com urgência, providências para regularização do fornecimento de exames de tomografia computadorizada na unidade. Sendo possível, para fins de cumprimento da decisão, o redirecionamento de um equipamento do tipo que está encaixotado nas dependências do Hospital Regional de Caicó para funcionar, temporariamente, no Walfredo Gurgel.

A decisão, em antecipação de tutela requerida pelo Ministério Público, analisa indícios de violação a direito fundamental de usuários do SUS que necessitam de exames de tomografia computadorizada.

Em caso de descumprimento, ficou fixada multa única, a incidir, a partir do primeiro dia útil posterior ao prazo estabelecido, no valor de R$ 40 mil, pessoalmente, sobre o servidor que criar embaraços à efetivação desta decisão.

 

RECOMENDAMOS

SEMIABERTO

Ex-governador Fernando Freire deixa a prisão

CONDENADO

Pedreiro que matou menina Iasmin pega 31 anos de prisão

PROTEÇÃO

Preocupação com segurança de dados é a maior em 10 anos

EXPECTATIVA

Lei da Microempresa deve gerar empregos,diz Álvaro Dias

QUINTO CONSTITUCIONAL

OAB realiza sabatina com os 23 candidatos ao TRT21

EXPLICAÇÕES

Moro nega existência de acordo para assumir vaga no STF

OTIMISMO

Lei dará "condições especiais" às microempresas, diz CD

TV NO AR

Veja propostas de Marisa Almeida na eleição do Quinto

comentários