Brasil e Mundo

DESASTRE AMBIENTAL

Manchas de óleo atingem praia de Carneiros, cartão-postal de Pernambuco

Prefeitura de Tamandaré decretou estado de emergência na quinta por causa da chegada do óleo à região.

Por Vinícius Brito

18 de outubro de 2019 | 17:58

Foto: Divulgação

A praia de Carneiros e a praia da Boca, em Tamandaré (PE), amanheceram manchadas de petróleo cru nesta sexta-feira, 18. Em São José da Coroa Grande, cidade vizinha, a prefeitura decretou estado de emergência na quinta por causa da chegada do óleo à região. No Estado, são 24 pontos atingidos até o momento, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Com origem desconhecida, o poluente se espalha pelo litoral nordestino desde o início de setembro e já atinge 187 pontos, do Maranhão à Bahia. Apesar de a Agência Estadual de Meio Ambiente ter dito não haver o componente químico em Pernambuco esta semana, as manchas voltaram a surgir por causa da força das marés.

“Dia 2 de setembro apareceu em Tamandaré o óleo, era do tamanho de uma bolacha (cada mancha). Mas de ontem (quinta) para hoje (sexta), veio muito óleo mesmo. Estamos correndo contra a maré, que está enchendo. A tendência é uma parte do óleo ficar soterrada e outra voltar para a água”, afirma Joab Almeida, da Associação de Garis Marítimos. “A gente tem uma unidade de conservação de corais, que é uma das maiores. Se esse piche estiver sobre a unidade, acaba o banco de corais”, teme Almeida.

A prefeitura de Tamandaré confirmou pela manhã que parte dos arrecifes, próximos à praia de Carneiros, foi atingida pela substância.

A Marinha, a Petrobras, a Transpetro e a Defesa Civil do Estado colocaram boias para conter o avanço da substância tóxica no Rio Pissinunga e no Rio Una, em área limítrofe entre Pernambuco e Alagoas. Até o momento, no entanto, a contenção não chegou a Tamandaré, segundo o secretário de Meio Ambiente do município, Manoel Pedrosa.

“O avanço do óleo nos pegou de surpresa, não se consegue saber de onde vem a mancha. Lançamos embarcação para tentar encontrar e usar barreiras de contenção, que não chegam. Conseguimos fazer a limpeza com 1,5 mil pessoas, limpando 1,5 quilômetro de praia e 25 mil litros do óleo”, contabiliza Pedrosa.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti, a última quantidade de barreira oferecida pela Marinha tinha 200 metros e não dava para conter o óleo nas praias pernambucanas. “Quando vimos que o óleo se movimentava para o sul da Bahia, monitoramos e cobramos um plano do governo federal. Mas a Marinha daqui e o Ibama não têm os equipamentos necessários”, diz Bertotti.

O secretário destaca que o governo de Pernambuco não sabe de onde as manchas vêm. “Pela manhã, um helicóptero tenta localizar onde, se tem algum tipo de mancha e procurar agir, mas o monitoramento é de 1 quilômetro de costa, e não temos informação do governo federal de manchas que estejam se deslocando”, continua.

O governo de Pernambuco começou a observar o avanço do óleo nesta sexta em uma Sala de Situação, com monitoramento de embarcações e helicópteros. Para Bertotti, porém, “o plano nacional de contenção não está em curso”.

A reportagem não obteve resposta do Ministério de Meio Ambiente.

Em nota, o Ibama afirma que as barreiras de contenção são importantes para conter a contaminação de outras áreas litorâneas, mas reconhece que a medida “pode não alcançar a eficácia pretendida”. A instituição explica que o petróleo se concentra na camada subsuperficial do mar e não consegue ser identificado facilmente por satélites ou equipes de monitoração

As prefeituras de São José da Coroa Grande e de Tamandaré advertem os banhistas a não ter contato com o poluente sem usar luva de proteção. A convocação de voluntários para auxiliar na limpeza foi autorizada por causa do estado de emergência e desastre natural.

RECOMENDAMOS

APOIO À DIVERSIDADE

Natal divulga projetos LGBTQI+ selecionados em edital

PLANO DIRETOR NO AR

Natal:Câmara debate macrozoneamento e ocupação do solo

VISÃO NOTA 10

Projeto prevê exames oftalmológicos em alunos de Natal

PERIGO DAS REDES SOCIAIS

Whindersson iz que internet contribuiu para depressão

DIA DE COMBATE

Fórum alerta para diagnóstico precoce do câncer infanto

SOCORRO AO SANTUÁRIO ECOLÓGICO

Navio-patrulha vai auxiliar na limpeza de óleo no PI

CONSÓRCIO NORDESTE

Fátima destaca potencial do RN a empresários franceses

DECISÃO DA DIRETORIA

América: Pré-temporada começará com portões fechados

comentários