Geral

ATRASO NÃO JUSTIFICADO

Medicamentos para transplantados estão em falta na Unicat

Medicamentos têm custo alto e são importantes para evitar a rejeição do corpo ao órgão

Por Cláudio Oliveira

8 de outubro de 2019 | 06:10

Foto: Divulgação

Mais de 600 pessoas que realizaram transplante de rim estão sem a medicação que é distribuída pela Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat). Estão em falta o Tracolimo e o Sirolimo.

Os medicamentos têm custo alto e são importantes para evitar a rejeição do corpo ao órgão transplantado. Segundo a Unicat, a chegada desses medicamentos é agendada e são encaminhadas ao estado pelo Ministério da Saúde, que não justificou os atrasos.

São 607 pacientes que recebem o Tracolimo e 40 que usam o Sirolimo no tratamento após o transplante. A Unicat diz que a previsão é de o Tracolimo esteja à disposição nesta terça-feira (8) e o Sirolimo no próximo dia 14 de outubro.

RECOMENDAMOS

PROGRAMAÇÃO

2° Passeio histórico na Ribeira acontece neste sábado

NEGÓCIOS DE FAMÍLIA

Cases do RN cativam em evento de empreendedorismo

OPORTUNIDADE

IEL-RN lança edital de processo seletivo

DESASTRE AMBIENTAL

Pesquisadores encontram óleo nos parrachos de Pirangi

ACIDENTE

Avião cai no meio da rua em Belo Horizonte

COMBATE AO SUICÍDIO

Órgãos da Prefeitura de Natal deverão divulgar CVV

CEARÁ-MIRIM

Ronaldo se candidata a prefeito com apoio dos grandes

CRISE NO VIZINHO

Protestos violentos no Chile deixam 7 mortos

comentários