Geral

proteção tripla

Membros de facção criminosa vão a acampamento de voluntários na Ponte Newton Navarro garantir segurança.

Boato de assalto não foi confirmado. Polícia Militar tem dado todo suporte ao trabalho.

Por Heilysmar Lima e Ney Douglas Marques

26 de abril de 2019 | 18:02

Nesta sexta-feira (26), surgiu um boato de que teria acontecido uma tentativa de assalto no acampamento do grupo evangélico que atua na prevenção de suicídios na Ponte Newton Navarro, o que não foi confirmado.

De acordo com a voluntária Elisângela Leonês, além da proteção divina, outras duas frentes garantem a segurança no local. A primeira delas é a Polícia Militar. Segundo Elisângela Leonês, trabalhadora autônoma que participa da vigília, o acampamento recebe a visita constante de policiais militares, que param e conferem se tudo está em ordem.

“Os policiais sempre passam por aqui e param para saber como as coisas estão. Inclusive, eles até trouxeram doações de alimentos. A gente sabe que eles também têm dificuldades na vida. A gente fica muito feliz”, contou.

A outra proteção foi garantida ainda na sexta-feira (19), primeiro dia do grupo no local. Segundo ela, membros de uma facção que atua na região foram até lá e garantiram que ninguém “mexeria” com eles. “Eles disseram que não teríamos problema em ficar ali”, acrescentou.

RECOMENDAMOS

PARCEIROS

Bolsonaro participará de jantar com Trump nos EUA

ALERTA

Arboviroses: Sesap reforça orientação aos municípios

MAIS ORGANIZAÇÃO

Evento leva dicas de organização para shopping em Natal

ATUALIZAÇÃO

Governo atualiza cadastro e preocupa produtores rurais

MAIS VOOS

Azul Viagens anuncia um aumento de voos para Natal

DESESPERO

Yudi fica na mão de bandidos em assalto

SANÇÃO PRESIDENCIAL

Bolsonaro sanciona com vetos MP da Liberdade Econômica

PECULATO

Deputado é denunciado por desvio de R$ 2 mi da Câmara

comentários