Geral

RECURSO FEDERAL

Ministério da Saúde destina R$ 50 milhões para construção de hospital em São Gonçalo

Novo hospital já tem projeto e será construído no centro da cidade

Por Redação

6 de maio de 2019 | 13:43

Foto: Reprodução

Na última sexta-feira (3), o Ministério da Saúde abriu o seu Sistema de Cadastro de Proposta e inseriu R$ 50 milhões para construção de um hospital geral em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. Os recursos foram alocados na programação própria do ministério, no Orçamento Geral da União, e atendem ao pleito do prefeito Paulo Emídio, o Paulinho.

Paulinho comemorou a notícia e definiu como uma “grande conquista pra São Gonçalo, para a Grande Natal e para o Rio Grande do Norte”. “Esse novo hospital atende a necessidade da nossa população que já ultrapassa 100 mil habitantes, e vai auxiliar outros hospitais da Região Metropolitana. Isso ajuda na regionalização da saúde como deseja a governadora Fátima Bezerra”, afirmou o prefeito.

O novo hospital já tem projeto pronto e será construído na região central da cidade, próximo ao campus do IFRN e do Museu Municipal. Terá capacidade para 120 leitos distribuídos nas clínicas médica, cirúrgica, pediátrica e obstetra, com Pronto Socorro adulto e infantil integrado ao SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Ainda contempla UTI neonatal e adulto, centro obstétrico com alojamento conjunto e servirá como hospital universitário para ensino de Medicina e outros cursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

RECOMENDAMOS

LUTO

Morre em São Paulo o cantor português Roberto Leal

BARRAGEM DE OITICICA

Oiticica: Governo assegura obra para remover comunidade

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Natal: Câmara debate situação do lixo na próxima terça

NA PRISÃO

Políticos querem saber de hacker sobre diálogos vazadas

APOSTAS

Mega-Sena acumula e prêmio sobe para R$ 120 milhões

PARCEIROS

Fecomércio apresentará Hotel Barreira Roxa a alemães

SETEMBRO CIDADÃO

Filarmônica da UFRN passará por municípios do interior

COMUNICADO

Estados Unidos confirma morte de filho de Bin Laden

comentários