Brasil e Mundo

TRÁGICO

Morre menino que teve dinheiro de tratamento roubado pelo próprio pai

Garoto tinha atrofia muscular. Pai usou dinheiro em vida de luxo e Casa de Prostituição

Por Redação

18 de outubro de 2019 | 17:17

João Miguel tinha Atrofia Muscular Espinhal (AME) . Foto: Reprodução Instagram

Morreu ontem (17) o menino João Miguel, de apenas dois anos de idade, no Hospital João Paulo II em Belo Horizonte (MG). Ele tinha atrofia muscular espinhal (AME), que é uma doença degenerativa grave, e seu caso ganhou repercussão após seu pai Mateus Henrique Leroy Alves, de 37 anos, ser preso por desviar R$ 600 mil do dinheiro arrecadado em vaquinha online para custear o tratamento do menino. Matheus usou o dinheiro em vida de luxo e ainda investiu R$ 50 mil em uma casa de prostituição.

Veja Também

Já o menino foi vítima de uma parada cardíaca e não resistiu.  Ele havia completado dois anos no último dia 7. João Miguel precisava comprar o remédio Spinraza, que custa R$ 340 mil cada dose e, por isso, a vaquinha virtual chegou a arrecadar R$ 1 milhão durante um ano, mas foi suspensa após uma liminar obrigar o estado a pagar as três primeiras doses do medicamento.

Contudo, o pai do garoto estava usando o dinheiro indevidamente e está preso por estelionato e pode ser indiciado pelo crime de lavagem de dinheiro. A sentença deve sair no próximo mês. O corpo de João Miguel foi sepultado nesta sexta-feira (18) em Conselheiro Lafaiete/MG, onde morava.

RECOMENDAMOS

HILÁRIO!

Cena de A Usurpadora com Lula e Bolsonaro bomba na web

FOTOGRAFIA EM DESTAQUE

'Natal em Natal' terá duas exposições fotográficas

CRISE AMBIENTAL

Marinha reforça limpeza de óleo com mais um navio

PREVENÇÃO

Sesap discute prevenção da tuberculose em presídios

SEGURO

Motociclistas recebem maior parte das indenizações

NEGÓCIOS

China comunista é o maior parceiro comercial do Brasil

NOTA

Bolsonaro age para destruir Jornalismo, diz Fenaj

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA

Feriadão: PRF reforça fiscalização em BRs no RN

comentários