Interior

PROJETO PILOTO

Mossoró: Petrobras vai investir na primeira infância

Companhia investirá na pré-escola e no trabalho de instituições que trabalham com a primeira infância

Por Redação

22 de agosto de 2019 | 17:33

Reprodução/Primeirainfancia.org.br


O município de Mossoró, no Oeste potiguar, é uma dos quatro contemplados com o projeto piloto da Petrobras para promover o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos. Serão investidos cerca de R$ 20 milhões nos próximos três anos em ações de capacitação para profissionais da rede pública de assistência social e ensino; formação para organizações da sociedade civil que atuam na proteção de crianças; palestras para gestantes, pais, responsáveis e tutores; grupos de cuidados sobre a prevenção da violência familiar; disseminação de informações sobre o tema para jornalistas e estudantes de comunicação; além de acompanhamento da implementação do Marco Legal da Primeira Infância.

A Iniciativa da Petrobras envolve instituições públicas e privadas que já estão presentes na Primeira Infância. Ao invés de criar um novo programa, a companhia vai investir na melhoria da qualidade do ensino na pré-escola, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e nas OSCs (Organizações da Sociedade Civil). Os projetos serão realizados por meio de parcerias da área de Responsabilidade Social da Petrobras com instituições de referência: UNESCO, PNUD, FGV/CEIPE e ANDI (Associação Nacional de Direitos da Infância). A companhia também irá formalizar um Termo de Cooperação com a Rice University (Houston, Texas – USA), com a participação do pesquisador Flávio Cunha, para apoio na avaliação de impacto das iniciativas.

A partir da integração destas ações, será possível potencializar os resultados dos projetos no longo prazo, os quais serão documentados por meio do monitoramento de indicadores e ferramentas de avaliação de impacto. A estratégia de seleção dos municípios participantes da Iniciativa considera as seguintes características e requisitos: ser município da área de influência das operações da Petrobras, ter Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), ter aderido ao Programa Criança Feliz, ter o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e ter OSCs com atuação regional em assistência social direcionada à Primeira Infância.

“O estímulo na primeira infância é extremamente importante para melhorar de forma significativa as oportunidades das crianças na vida adulta. Evidências mostram claramente que crianças que receberam cuidados na primeira infância tiveram melhores oportunidades de vencerem na vida, de serem bons cidadãos e de terem renda mais elevada”, destacou o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que participou da cerimônia de lançamento, realizada nessa quarta-feira (21), em São Paulo, que contou também com a presença do ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Segundo Osmar Terra, “a política para a primeira infância é a mais importante para trabalhar, porque ela é transformadora”. O ministro também destacou que o trabalho integrado nesta área pode render lições para o resto do Brasil.

RECOMENDAMOS

ALERTA

Arboviroses: Sesap reforça orientação aos municípios

MAIS ORGANIZAÇÃO

Evento leva dicas de organização para shopping em Natal

ATUALIZAÇÃO

Governo atualiza cadastro e preocupa produtores rurais

MAIS VOOS

Azul Viagens anuncia um aumento de voos para Natal

DESESPERO

Yudi fica na mão de bandidos em assalto

SANÇÃO PRESIDENCIAL

Bolsonaro sanciona com vetos MP da Liberdade Econômica

PECULATO

Deputado é denunciado por desvio de R$ 2 mi da Câmara

TALENTO DA CASA

Artista potiguar vence concurso internacional de arte

comentários