Geral

CADEIA PÚBLICA

Motorista que provocou morte de Gislâne vai ficar preso em Ceará-Mirim

Josias Teixeira foi encaminhado para a prisão logo após a audiência de custódia

Por Redação

20 de maio de 2019 | 17:26

Logo após ter a prisão preventiva definida em audiência de custódia, o motorista Josias Teixeira de Melo, de 63 anos, responsável pela morte da professora e rainha de carnaval, Gislâne Cruz, foi encaminhado para a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, na Região Metropolitana de Natal. A transferência foi confirmada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) ao portalnoar.com.br.

De acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), ele vai ficar preso por tempo indeterminado “até a instrução e julgamento do processo e, em sendo acolhida a tese do MPRN, deverá ser submetido ao júri popular”, informou.

Na audiência, o acusado admitiu que essa não tinha sido a primeira vez que se envolveu em acidente pelo mesmo motivo. “O autuado afirmou que já destruíra anteriormente outro veículo na mesma situação, mas ‘por sorte’ atingiu apenas uma árvore”, trouxe o texto da decisão.

Além disso, o magistrado entendeu que “necessidade da manutenção da prisão preventiva para a garantia da ordem pública exclui a possibilidade da substituição da segregação por outras medidas”, já que o caso tomou grande repercussão pública.

RECOMENDAMOS

DIREITO

🔊 Exame da OAB tem 676 inscritos para prova no RN

HOMENAGEM

Organizadores da Campus Party viram Cidadãos Natalenses

BRAVO

Agente prisional fica em 3° no Pan-americano de Judô

FUTEBOL

🔊 ABC pode ser rebaixado para a Série D neste domingo

SAÚDE

🔊 Centenas de pessoas passam por check-up vascular grátis em Natal

FOGO

🔊 Polícia queima quase 53 mil bonés piratas no RN

CP NATAL

Capacitação de servidores é destaque na Campus Party

TÁ PERTO

América define data para inaugurar estádio próprio

comentários