Geral

ATRÁS DAS GRADES

Mulher e namorado que mataram empresário são condenados à prisão

Ela estava separando do empresário quando cometeram o crime em 2016

Por Cláudio Oliveira

13 de abril de 2019 | 09:32

Casal é condenado à prisão por matarem ex-marido dela. Reprodução

A socialite Martha Renatta Borsatto Messias Miranda, de 32 anos, e o namorado Antônio Ribeiro de Andrade Neto, de 36 anos, foram condenados na madrugada deste sábado (13) a 20 e 14 anos de prisão, respectivamente, pelo assassinato do empresário do ramo de hotelaria, Ademar Miranda Neto. O júri popular durou três dias e foram ouvidas 14 pessoas, sob a presidência do juiz José Armando Pontes.

O crime ocorreu em junho de 2016, em Natal, quando o empresário do ramo de hotelaria Ademar Miranda Neto dirigia seu carro e foi  assassinado por dois criminosos em uma motocicleta quando ele parou em um dos sinais da Avenida Roberto Freire na zona Sul de Natal.

Em dezembro daquele mesmo ano, a mulher foi presa, acusada do crime. Ela têm três filhos com a vítima e estariam em processo de separação quando mandou matá-lo. A acusada teria caído em contradição várias vezes durante o depoimento e tentado coagir testemunhas, segundo a polícia. Martha foi condenada como autora do crime e Antônio Ribeiro, coautor. Ele havia sido preso acusado do crime em janeiro de 2017. Filho do ex-deputado e ex-prefeito de Ielmo Marinho, Tarcísio Ribeiro, ele havia se candidatado a vereador naquele município, mas sem sucesso.

RECOMENDAMOS

EXPLICAÇÕES

Moro nega existência de acordo para assumir vaga no STF

OTIMISMO

Lei dará "condições especiais" às microempresas, diz CD

TV NO AR

Veja propostas de Marisa Almeida na eleição do Quinto

PODEROSA!

"Hoje sou bem comida e amada", diz Xuxa aos 56 anos

MUDANÇA

Ubaldo Fernandes se desfilia do PTC

INVESTIMENTO

Natal: Espaço cultural Ruy Pereira será revitalizado

PARCERIA

Caixa firma acordo com Comitê Paralímpico

PEQUENOS NEGÓCIOS

Sebrae recebe com otimismo Lei Geral das Microempresas

comentários