Geral

AUDIÊNCIA

Natal: Dívida da Urbana de supera R$ 250 milhões

Justiça Federal promoveu audiência para discutir assunto

Por Redação

9 de maio de 2019 | 17:00

Durante a audiência pública promovida pela 6ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte sobre os débitos acumulados pela Urbana, companhia de limpeza da Prefeitura de Natal, foi ressaltado o crescimento exponencial das dívidas fiscais da empresa, que já superam a marca dos R$ 250 milhões.

Na abertura da audiência pública, o Juiz Federal Marco Bruno Miranda Clementino historiou as ações judiciais envolvendo a Urbana, que datam da década de 80. Ele ressaltou que a preocupação não é simplesmente executar as dívidas, mas cumprir as condenações de modo que não inviabilize o próprio município de Natal, já que essa é uma empresa pública.

O procurador da Fazenda Nacional Petter Cook ressaltou que o volume de ações e créditos que a Fazenda Nacional executa com a Urbana cresceram exponencialmente. “Os problemas não surgiram de hora para outra. O problema fiscal está se agravando. Em 2019 tivemos um salto de mais de R$ 17 milhões em apenas um mês. Em 2018 os valores inscritos somaram R$ 80 milhões”, destacou.

Durante os debates, os representantes da Prefeitura de Natal ressaltaram que o Executivo irá elaborar um novo termo de referência para o processo em que negociará o reaproveitamento do lixão, no bairro de Cidade Nova, zona Oeste da capital.

O próximo passo do processo será o Juiz Federal Marco Bruno Miranda Clementino marcar uma audiência entre as partes para definições a partir dos assuntos destacados no evento dessa quinta-feira (9).

RECOMENDAMOS

Tragédia

Vítima de acidente fatal era rainha de carnaval

TRAGÉDIA

Mulher morre em acidente no 'Prolongamento da Prudente'

EDUCAÇÃO

UERN abre processo seletivo para contratar professores

FUTEBOL

América empata e segue invicto na Série D

VIOLÊNCIA

Após briga de faca entre alunas, escola convoca reunião

GRANDE NATAL

Prefeito sanciona Lei do Plano de Cargos da Saúde

VIOLÊNCIA

Jovem é encontrado morto com mãos e pés amarrados

ALUNO POR UM DIA

Dorgival realiza sonho, e aula na UFRN termina em forró

comentários