Economia

ADMINISTRAÇÃO

Natal é capital brasileira que mais investe recursos próprios em obras e serviços

Dados são de boletim de finanças da Secretaria do Tesouro Nacional

Por Redação

16 de agosto de 2019 | 10:59

Foto: Divulgação

Natal é a capital brasileira que mais investe recursos próprios em obras e serviços. De acordo com dados do Secretaria do Tesouro Nacional, o percentual de investimentos chega a 98,8% das receitas municipais. O Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais fez um detalhamento fiscal entre os anos 2017 e 2018, englobando 5.109 municípios, com o total de 192 milhões de habitantes.

De acordo com o estudo, entende-se como investimentos com recursos próprios a diferença entre o total gasto pelo Município com investimentos e as receitas de transferências de capital e de operações de crédito. Elevados percentuais de investimentos realizados com recursos próprios representam baixa dependência de fontes de financiamento provenientes de terceiros.

Outro ponto positivo em relação às finanças da capital potiguar está relacionado à questão do endividamento consolidado. Natal recebeu nota “A”, pois compromete apenas 26,04 das receitas correntes liquidas (RCL) com dívidas consolidadas.

Esses dados foram celebrados pela equipe econômica do município, que credita esse resultado ao trabalho de incremento de receitas e enxugamento de despesas executado pela gestão municipal ao longo dos últimos 16 meses. Ao assumir o cargo, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, determinou adoção de diversas medidas de controle financeiro com o objetivo de aplacar os efeitos da crise financeira que se abateu no país e tem sido muito dura com os municípios.

Dentre as medidas adotadas, destaque para: redução de contratos de locação de veículos; gastos com energia; telefonia, internet, compras e renegociação dos alugueis de imóveis, onde estão instalados órgãos do município; centralização dos processos licitatórios e diversas outras iniciativas que têm permitido à Prefeitura do Natal pagar os salários dos servidores públicos municipais rigorosamente em dia, bem como a realização de investimentos estruturantes em todas as regiões da cidade, como a drenagem e pavimentação de mais de 300 ruas na zona Norte de Natal, a reforma de quadras poliesportivas, a requalificação e ampliação de unidades de saúde, a entrega de três novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), investimentos na área social e em outras áreas.

“Estamos enfrentando a crise com muito trabalho. As dificuldades existem, mas não podemos diminuir o ritmo. Essas informações do Tesouro Nacional são positivas, mas não podemos descansar. Seguiremos com essa política de economizar o que pudermos para que os servidores continuem recebendo seus salários em dia, os serviços essenciais à população continuem sendo ofertados a contento, e, ainda, executemos novas obras estruturantes em Natal, pois as demandas são crescentes e a cidade precisa se desenvolver”, destacou o prefeito Álvaro Dias.

RECOMENDAMOS

TRABALHO INCESSANTE

Bombeiros apagam mais focos de incêndio em Patu

PERFIL

Maioria dos ‘MEIs’ do RN desenvolve a atividade em casa

RECURSOS

Projeto quer proteger municípios de retenção do FPM

POLÍTICA

Maia diz que Fundo Eleitoral equilibra campanhas

TRABALHO NA SERRA DO LIMA

Corpo de Bombeiros mantém combate a incêndio em Patu

ROMPIMENTO DE BARRAGEM

Brumadinho: Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões

PLANO DIRETOR NO AR

Plano Diretor: evolução depende da maioria,diz prefeito

PROGRAMAÇÃO

Fiern participa de encontro sobre Fundo Constitucional

comentários