Economia

PESQUISA DA FECOMÉRCIO

Natalenses vão gastar R$ 94 em média na Páscoa; mossoroenses, R$ 88

Valores são mais altos do que os registrados no ano passado

Por Redação

12 de abril de 2019 | 16:24

Foto: Alberto Leandro/Arquivo/Portal No Ar

Com a proximidade da Semana Santa, o comércio intensifica os estoques e as promoções para atender àqueles que irão presentear com chocolates e consumir peixes no feriado religioso. Para entender o comportamento do consumidor e auxiliar o empresário a fazer boas vendas, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC/Fecomércio RN) foi às ruas das duas principais cidades do estado, Natal e Mossoró, para saber as intenções de compras, quanto e com o que pretendem gastar, e se irão viajar no período.

Em Natal, 652 pessoas foram entrevistadas nas quatro zonas urbanas da cidade, e foi constatado a intenção de compra de 59% do público, uma pequena queda em relação ao ano passado (59,5%). Os 41% dos que não vão gastar apontam não ter dinheiro (44,3%), não têm costume de presentear nesta data (25,6%), estão desempregados (11,7%) ou preferem poupar (11,7%).

Em média, o consumidor natalense irá desembolsar R$ 94,82. Este gasto é maior do que o levantado pela mesma pesquisa em 2018, o qual havia sido de R$ 88,10. Os dados mostram que 38,3% dos entrevistados pretendem gastar entre R$ 51,00 e R$ 100,00 com as compras de presentes de Páscoa este ano. Outros 36,3% pretendem gastar até R$ 50,00.

Como de costume, o chocolate será o principal produto a ser comprado (90,1%), se dividindo entre ovos de páscoa (65,7%), caixas de bombons (27,4%), barras de chocolates (11%), cestas de chocolates (6,1%) e chocolates caseiros (2,3%). Os filhos (43,1%), pais (26,8%), companheiro (a) (25,7%), sobrinhos (17,7%), afilhados (9,4%), netos (8,8%), irmãos (7,5%) e amigos (3,4%) serão os mais presenteados este ano.

Os locais onde 47,8% que os entrevistados irão procurar fazer suas compras serão os supermercados e as lojas especializadas em chocolates do comércio de rua, enquanto que as compras nos supermercados e em lojas especializadas localizadas nos shoppings serão a preferência de 41,4% dos consumidores.

Para garantir a compra, o comerciante deve se preocupar em oferecer um bom preço, promoções e ofertas, sendo este item o que mais importa a 57,7% dos consumidores, seguidos pela marca do produto (33,5%), brindes (4,7%), localização do estabelecimento (3,4%), formas de pagamentos (2,3%). Além disso, 76,7% dos entrevistados irão realizar pesquisa de preço para a Páscoa.

Outro segmento que tem movimentação econômica na Semana Santa é o de Pescados e, de acordo com o IPDC/Fecomércio RN, 74,2% dos consumidores natalenses pretendem consumir peixes e crustáceos durante essa Semana Santa, gastando em média R$ 65,51.

A grande maioria dos consumidores entrevistados (72,4%) pretende comemorar a Páscoa em casa, 20% irão para casa de parentes, 2,4% para casa de amigos. Os 22,7% dos entrevistados que afirmaram terem pretensões de viajar, pretendem ir ao interior do estado (62,4%), litoral do RN (18,8%), seguidos da viagem a outros estados brasileiros (18,8%).

Mossoró

Dos 500 mossoroenses que foram entrevistados pela equipe do IPDC/Fecomércio RN, 58,4% pretendem comprar algum produto para presentear durante o período da Páscoa. O número constatado na pesquisa deste ano foi maior do que no ano passado (56,7%).

Seguindo os natalenses, 9 em cada 10 consumidores pretendem presentear com chocolates (89,4%), tendo a preferência por ovos de páscoa (74,8%); caixa de bombons (11%); cesta de chocolates (4,8%); barras de chocolate (3,4%); chocolates caseiros (1,7%); além de outros tipos (1,4%). Os mais lembrados para presentear nesta Páscoa serão os filhos (46,4%), seguidos do companheiro (a) (28,1%), dos sobrinhos (17,2%), dos pais (11,6%), dos netos (11,3%), dos irmãos (7%), dos amigos (5,6%) e dos afilhados (5%).

Para fazer as compras, os mossoroenses irão desembolsar R$ 88, 70, valor maior do que o ano passado (R$ 83,91). Mesmo com essa intenção de gastar mais, os mossoroenses (77,2%) irão fazer pesquisas de preços dos produtos antes de fazer a compra, sejam nas lojas especializadas e supermercados do comércio de rua (64,7%) ou nas lojas especializadas do shopping (24,4%). O fator que mais irá interferir na escolha do local de compra são os preços, ofertas e promoções (57%).

A pesquisa indica que 77,6% dos consumidores pretendem comprar peixes para a ocasião, sendo os peixes mais desejados pelos mossoroenses: tilápia (52,3%), corvina (5,7%), bacalhau (5,2%), cioba (4,9%), dourado (4,9%), serra (3,9%) e atum (3,4%). A média dos gastos com peixes ficou em R$ 61,03.

Considerando o local de celebração, 72,3% pretendem celebrar a Páscoa em casa, 21% na casa de parentes e 2,2% na casa dos amigos.

Foi questionada a intenção dos mossoroenses de viajar para aproveitar o feriado prolongado, porém 77,9% não pretende viajar. A pesquisa mostra que 22,1% dos consumidores mossoroenses deverão viajar neste período, irão visitar parentes e amigos (62,5%) ou conhecer uma nova cidade (29,9%), seja ela no interior (41%), o litoral (38,9%) do estado, ou outros estados (20,1%).

As íntegras das pesquisas estão disponíveis no site da Fecomércio RN (fecomerciorn.com.br/pesquisas).

RECOMENDAMOS

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

AUTOMÓVEL

Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros

comentários