Cotidiano

CUIDADO

OMS alerta: Até 2025 serão mais de dois bilhões de obesos no mundo

Metade da população brasileira está acima do peso

Por Redação

5 de abril de 2019 | 13:00

O alerta veio da Organização Mundial da Saúde (OMS): se continuar nesse ritmo, em 2025 serão cerca de 2,3 bilhões de adultos em sobrepeso e mais de 700 milhões dentro do quadro de obesidade. Além de, aproximadamente, 75 milhões de crianças obesas em todo o mundo.

No Brasil, pesquisas apontam números assustadores, metade da população está acima do peso. A nutricionista Roseanny Cristina, do Hapvida Saúde, exemplifica alguns pontos que levam a obesidade. “A falta de exercícios aliado a uma alimentação desregular, fatores psicológicos e genéticos podem levar ao problema de síndrome metabólica e processo de obesidade infantil até a vida adulta”.

Segunda ela a busca pelo corpo perfeito deve ter foco na saúde. “Nosso corpo funciona como uma engrenagem e necessita de uma boa alimentação rica em nutrientes contidos em alimentos com proteínas, carboidratos de boa qualidade como raízes e tubérculos, frutas, legumes, verduras e hortaliças”, afirma.

A variedade de alimentos ingeridos diariamente faz toda a diferença na balança e na qualidade de vida do indivíduo que busca uma alimentação saudável relacionado em equilíbrio corpo e mente.

A vendedora Kelly Amaro (25), se olhou no espelho e não gostou do que viu. Resolveu fazer uma reeducação alimentar, iniciou os treinos na academia e perdeu oito quilos. A alta estima voltou, conseguiu se inserir novamente no mercado de trabalho e mantém uma rotina totalmente diferente de três meses atrás.

“Me sinto rejuvenescida, com mais disposição, até a respiração melhorou. Mudei completamente meus hábitos alimentares e isso tem me proporcionado mais qualidade de vida”, disse.

De acordo com a nutricionista, “a alimentação é o combustível do corpo, se você está comendo ‘besteiras ou baganas’ seu organismo tende a se adaptar a elas e causar não só o sobrepeso como também doenças como diabetes, hipertensão, entre outras que favorece ao desequilíbrio do corpo trazendo problemas e desordens metabólicas”, finaliza.

RECOMENDAMOS

PODEROSA!

"Hoje sou bem comida e amada", diz Xuxa aos 56 anos

MUDANÇA

Ubaldo Fernandes se desfilia do PTC

INVESTIMENTO

Natal: Espaço cultural Ruy Pereira será revitalizado

PARCERIA

Caixa firma acordo com Comitê Paralímpico

PEQUENOS NEGÓCIOS

Sebrae recebe com otimismo Lei Geral das Microempresas

CCJ DO SENADO

Moro: Caso é absolutamente diferente de áudios de Dilma

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Comissão debate benefícios da campanha Nota Potiguar

INDÚSTRIA

Melhora a confiança do empresário, diz CNI

comentários