Gente no AR

PRECONCEITUOSA?

Paula do BBB 19 vai à delegacia e pode ser presa por intolerância religiosa

Ex-BBB pode pegar até três anos de prisão e pagar multa

Por Redação

16 de abril de 2019 | 15:44

Foto: Reprodução/TV Globo

A campeã do Big Brother Brasil 19, Paula Von Sperling, prestou depoimento na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) na tarde dessa segunda-feira, 15. Ela é acusada de intolerância religiosa contra Rodrigo França durante o programa.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou ao E+ que as coletas de prova já foram realizadas e “o inquérito para apurar denúncia de injúria por preconceito está em fase de conclusão e será remetido à justiça ainda nesta semana”.

O advogado de Rodrigo França, Ricardo Brajterman, disse recentemente ao E+que o caso de Paula é de alto potencial ofensivo. Se condenada, a ex-BBB pode pegar até três anos de prisão e pagar multa, mas há outras alternativas processuais aplicáveis para evitar a reclusão.

A reportagem tenta contato com a família de Paula para comentar as acusações desde a semana passada, mas ainda não obteve retorno.

RECOMENDAMOS

PREOCUPAÇÃO

Chuva deixa outra ponte no interior sob risco de cair

ACIDENTE ANIMAL

Motoboy atropela jumento e os dois ficam feridos

TRAGÉDIA

Incêndio na Notre-Dame completa uma semana

NOVA GESTÃO

Humorista vence eleição presidencial na Ucrânia

TERROR

Número de mortos em ataques no Sri Lanka sobe para 290

FIM DE FESTA

PM acaba com festa de facção na zona Oeste de Natal

PREVISÃO DO TEMPO

RN deve ter mais chuva nos próximos dias

ALERTA

Litoral do RN tem dois pontos impróprios para banho

comentários