Gente no AR

PRECONCEITUOSA?

Paula do BBB 19 vai à delegacia e pode ser presa por intolerância religiosa

Ex-BBB pode pegar até três anos de prisão e pagar multa

Por Redação

16 de abril de 2019 | 15:44

Foto: Reprodução/TV Globo

A campeã do Big Brother Brasil 19, Paula Von Sperling, prestou depoimento na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) na tarde dessa segunda-feira, 15. Ela é acusada de intolerância religiosa contra Rodrigo França durante o programa.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou ao E+ que as coletas de prova já foram realizadas e “o inquérito para apurar denúncia de injúria por preconceito está em fase de conclusão e será remetido à justiça ainda nesta semana”.

O advogado de Rodrigo França, Ricardo Brajterman, disse recentemente ao E+que o caso de Paula é de alto potencial ofensivo. Se condenada, a ex-BBB pode pegar até três anos de prisão e pagar multa, mas há outras alternativas processuais aplicáveis para evitar a reclusão.

A reportagem tenta contato com a família de Paula para comentar as acusações desde a semana passada, mas ainda não obteve retorno.

RECOMENDAMOS

SONDAGEM FIERN

Atividade da construção potiguar reduz queda em maio

LEGISLATIVO

Câmara de Natal encerra votação da LDO 2020

OPERAÇÃO EM MINAS

PF prende assessor do ministro do Turismo

NOITE DE FARRA!

Neymar é flagrado aos beijos com outra modelo

PROPOSTAS DE MODERNIZAÇÃO

Fiern participa de seminário sobre Reforma Tributária

IGUALDADE

Fórum cobra antecipação do 13º de 2019 para todos

OUTRA REALIDADE

Diretoria da Caern recebe salários de até R$ 71 mil

TRÁFICO DE DROGAS

Mourão classifica militar preso como 'mula qualificada'

comentários