Geral

CONDENADO

Pedreiro que matou menina Iasmin pega 31 anos de prisão

Garota foi morta em março do ano passado em Natal

Por Redação

19 de junho de 2019 | 18:04

Marcondes Gomes da Silva. Reprodução

Em juri popular, o pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, foi condenado a 31 anos de prisão pela morte da estudante Iasmin Lorena Pereira de Melo, de 12 anos. O crime ocorreu em março do ano passado na comunidade da África, no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal e a sentença foi dada nesta quarta-feira (19)

Ele foi condenado por homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima e emprego de meio cruel), estupro de vulnerável e também ocultação de cadáver.

Marcondes, que era amigo da família da menEla e chegou a participar das buscas e de momentos de oração enaunto a garota estava desaparecida, mas a polícia descobriu o corpo enterrado na casa em em que ele realizava uma reforma, proximo ao local onde foram encontradas pistas de Iasmin. Ele foi preso no dia 26 de abril. O pedreiro estava em uma praia no município de Touros, no Litoral Norte do estado.

RECOMENDAMOS

MÚSICA

'Hoje tem Samba no Beco' recebe Andiara Freitas

DESAFIO

Campeonato gamer reúne 150 competidores

AGENDA

Curso de segurança pública e mediação policial em Natal

MEIO AMBIENTE

Torneio de rinhas de galo tinha até motos na premiação

POLÍCIA

Homens em carro roubado morrem após perseguição da PM

TRANSPORTE DE CARGAS

ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

DESATIVADDA

Saiu a sentença de recuperação judicial da Multidia

DIÁLOGO

AGN-RN e IMD discutem parceria para startups potiguares

comentários