Geral

CONDENADO

Pedreiro que matou menina Iasmin pega 31 anos de prisão

Garota foi morta em março do ano passado em Natal

Por Redação

19 de junho de 2019 | 18:04

Marcondes Gomes da Silva. Reprodução

Em juri popular, o pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, foi condenado a 31 anos de prisão pela morte da estudante Iasmin Lorena Pereira de Melo, de 12 anos. O crime ocorreu em março do ano passado na comunidade da África, no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal e a sentença foi dada nesta quarta-feira (19)

Ele foi condenado por homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima e emprego de meio cruel), estupro de vulnerável e também ocultação de cadáver.

Marcondes, que era amigo da família da menEla e chegou a participar das buscas e de momentos de oração enaunto a garota estava desaparecida, mas a polícia descobriu o corpo enterrado na casa em em que ele realizava uma reforma, proximo ao local onde foram encontradas pistas de Iasmin. Ele foi preso no dia 26 de abril. O pedreiro estava em uma praia no município de Touros, no Litoral Norte do estado.

RECOMENDAMOS

PLANO DIRETOR NO AR

Câmara retoma Fórum do Plano Diretor na segunda-feira

PREVISÃO

Lula diz que PT vai polarizar eleições em 2022

PARA A CHINA

Após acordo, melão produzido no RN pode ser exportado

SEGURO RETIRADO

Em dez anos, DPVAT indenizou mais de 391 mil por morte

VERSÃO MAROMBA

Gracyanne e Belo viram personagens de 'Os Simpsons'

FINALISTA

Grupo do RN na final da Olimpíada da Língua Portuguesa

VAGA DE EMPREGO

Realeza procura faxineiro real para ganhar R$ 80 mil

ANÁLISE DE RESÍDUO

Marinha desloca navio de pesquisa para o Nordeste

comentários