Geral

INVESTIGAÇÃO

Polícia prende homem por atirar em manicure dentro de salão

Atentado aconteceu no dia 13 de abril em Parnamirim

Por Redação

7 de maio de 2019 | 12:47

Material apreendido

Um homem que invadiu um salão de beleza, em Parnamirim, para matar a ex-companheira foi preso por policiais civis. Lindenor Simão de Freitas, de 50 anos, efetuou cerca de oito disparos de arma de fogo contra a manicure Ayla Taise Barbosa Moreira, de 32. O atentado aconteceu no dia 13 de abril.

Lindenor de Freitas

Lindenor de Freitas foi preso nessa segunda-feira, 6, na zona rural de Macaíba, na Grande Natal. Contra ele, a Justiça já havia expedido um mandado de prisão preventiva. Ele é investigado por tentativa de feminicídio e por descumprimento das medidas protetivas de urgência contra a ex-companheira.

A prisão do homem levou também a outras duas autuações. A atual mulher dele, Jacqueline de Sousa Penha, vai responder por receptação dolosa já que, com ela, foram encontrados o aparelho celular, documentos e cartões de crédito de Ayla. Já o pai de Lindenor, Luiz Alexandre de Freitas, foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

RECOMENDAMOS

ENSINO SUPERIOR

MEC abre consulta para vagas no Sisu nesta quinta-feira

DIGITAL

A partir de julho, serviços do INSS serão pela internet

OPERAÇÃO FORRÓ

MPF denuncia delegado por se envolver com quadrilha

RECLAMAÇÃO

General Girão relata a ministro 'hostilização' na UFRN

CONFIANÇA EM QUEDA

Consumidores acreditam em inflação de 5,4% em 12 meses

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Senai apresenta portfólio de cursos e consultorias

COMEÇANDO OS TRABALHOS

Seleção brasileira inicia preparação para Copa América

TREINAMENTO

Comitiva visita Universidade de Ciências Aplicadas

comentários