Economia

COMPRAS

Potiguares irão gastar mais de R$ 100 com presentes no Dia das Mães

Pesquisa da Fecomércio mostra intenção de compras para Natal e Mossoró

Por Redação

7 de maio de 2019 | 11:26

O Dia das Mães é considerada a segunda melhor data para o comércio varejista, e será comemorado no próximo domingo, 12 de maio. Como acontece todos os anos, o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC) da Fecomércio RN realizou a pesquisa de intenção de compras para a data, nas cidades de Natal e Mossoró. Em Natal, foram entrevistadas 650 pessoas entre os dias 22 e 25 de abril; e em Mossoró, 500 pessoas entre os dias 29 de abril e 1 de maio.

Entre o universo de pessoas entrevistadas, o número de consumidores que vão presentear neste dia das mães é semelhante nas duas cidades – 74,6% em Natal e 74,8% em Mossoró. Em relação à 2018, o índice de pessoas que pretendem presentear diminuiu 1,3 pontos percentuais em Natal e 0,2 pontos percentuais em Mossoró. Entre os que não vão presentear em Natal (25,4%) e em Mossoró (25,2%), as principais justificativas são: ausência de figura materna (43,6% em Natal); não comemoram a data (41,3% em Mossoró); e falta de dinheiro (33,9% em Natal e 38,9% em Mossoró).

Entre os que irão presentear, a maioria dos consumidores – 38,3% em Natal e 37,7% em Mossoró – pretendem gastar até R$ 100 em produtos. O gasto médio aumentou nas duas cidades, ficando em R$ 124,28 em Natal (acréscimo de 2% em comparação com 2018, quando o gasto médio foi de R$ 121,84); e de R$ 113,70 em Mossoró (acréscimo de 3,8% em comparação a 2018, quando o gasto médio foi de R$ 109,53). A maioria dos entrevistados (61,1% de Natal e 67,4% de Mossoró) irão comprar apenas um presente, e acham que os produtos estarão mais caros (60,8% – Natal; 59,6% – Mossoró).

Entre os itens que foram mais citados como opções de presentes na data estão os perfumes/cosméticos (30,3%) em Natal, ao contrário do ano passado quando as roupas eram as campeãs, com 35,4% das citações. Já em Mossoró, as roupas continuam liderando, com 30,5% das respostas (contra 35,9% em 2018). Outras opções citadas foram: itens são o vestuário (29,3% em Natal); perfumes/cosméticos (28,6% em Mossoró); eletrodomésticos (12,2% em Natal e 11,5% em Mossoró); e calçados/bolsas (9,7% em Natal e 12,6% em Mossoró).

Se perguntadas o que gostariam de ganhar, as mães optariam por as roupas (23% em Natal e 25,9% em Mossoró); perfumes/cosméticos (19% em Natal e 21,1% em Mossoró); e calçados/bolsas (13,8% em Natal e 12,9% em Mossoró).

Quando perguntados quais seriam as pessoas a serem presenteadas, os consumidores responderam que serão as mães (88% tanto em Natal quanto em Mossoró); as esposas (14,6% – Natal; 16,3% – Mossoró); as sogras (12,8% – Natal; 13,6% – Mossoró); as avós (5,2% – Natal; 5,3% – Mossoró); as tias (3,1% – Natal; 1,3% – Mossoró); as filhas (2,5% em Natal); e as irmãs (2,4% em Mossoró).

Na tentativa de economizar, os consumidores de Natal (66,3%) e Mossoró (67,9%), devem fazer pesquisa de preços e responderam que entre os atrativos que as lojas podem oferecer para ganhar a clientela estão as promoções (41,7%% – Natal; 44%% – Mossoró); a qualidade do atendimento (22% – Natal; 32% – Mossoró); e os descontos (32% – Natal; 18% – Mossoró). Em Natal, o local preferido para as compras serão os shopping centers (47,7%). Já em Mossoró, o comércio de rua (61,9%) tem a preferência da população. Em comparação com o ano passado, tanto os shoppings quanto o comércio de rua mantiveram praticamente o mesmo nível de intenção de consumo registrado.

A forma de pagamento mais usada pelos consumidores deve ser o pagamento à vista, em dinheiro ou cartão de débito (61,1% em Natal e 56,4% em Mossoró); seguido da opção de pagamento por meio do cartão de crédito (37,5% em Natal e 42% em Mossoró).

Em Natal (56%) e em Mossoró (62,2%), a maioria dos consumidores não pretendem realizar nenhuma comemoração especial no Dia das Mães. Entre os que responderão que irão comemorar, os natalenses devem optar por um almoço ou jantar em casa com a família (20,5%); ou em restaurantes (18,2%). Os mossoroenses seguem na mesma linha de comemorações, com almoço ou jantar em casa (15,2%); ou em restaurantes (17,2).

Clique aqui para conferir a íntegra das pesquisas.

RECOMENDAMOS

MODA PERIGOSA?

FaceApp pode abrir porta para abusos com dados

INUSITADO

[VÍDEO] Padre canta "Cachorrão do Brega" na Catedral

FOLIÕES APRESSADOS

Carnatal: Ivete, Bell e Cláudia esgotam lote no 1º dia

COMBATE À DENGUE

Natal:Denúncias de imóveis e terrenos abandonados sobem

TELEVISÃO

Netflix edita cena de suicídio em '13 Reasons Why'

AVISO METEOROLÓGICO

Marinha alerta para ressaca e vento forte no Nordeste

SEM PALAVRAS

Ex-noivo se pronuncia após suicídio de blogueira

PROTEÇÃO AMBIENTAL

Natal vai criar Ronda de Proteção Ambiental da Guarda

comentários