Geral

OBRA

🔊Praia de Ponta Negra receberá “engorda” para recuperar faixa de areia

Projeto foi apresentado em audiência pública na Câmara Municipal

Por Redação

18 de setembro de 2019 | 14:37

Praia de Ponta Negra poderá ter faixa de areia recuperada. Foto: Claudio Abdon

🔊Ouça a matéria:

A faixa de areia que sumiu da Praia de Ponta Negra com o avanço do mar será recuperada com uma obra de engorda que está sendo planejada pela Prefeitura do Natal para aumentar a distância entre o mar e o calçadão. O projeto foi exposto nesta quarta-feira (18) pelo titular da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), Tomaz Neto, em audiência pública na Câmara Municipal da cidade.

“Fizemos vários estudos ao longo dos anos e descobrimos que a melhor alternativa para a praia é a engorda, que dará uma maior segurança para todos. Será feita a retirada de areia do mar e colocada na faixa de praia, com isso nós ganharemos em média 30 m² de faixa de areia, com uma variação de até 23 m² na baixa maré, possibilitando os esportes náuticos e protegendo a nossa praia de futuras erosões”, explicou Tomaz Neto. Ele explicou que a obra da engorda, que será feita logo depois dos serviços de enrocamento restante (e que deverão iniciar até o mês de dezembro), iniciarão em 2020. “Estamos em contato com os técnicos do Idema para a liberação dos serviços (2 km de enrocamento). Depois disso, iremos passar para a etapa da engorda, no próximo ano. Todo esse processo engloba R$ 56 milhões de reais, numa parceria entre o Governo Federal e a gestão municipal”, ressaltou o secretário de Obras.

Atualmente, Ponta Negra conta com 2 km de enrocamento de faixa, que são paredões de proteção contra o avanço da maré. Agora, o que se pretende, a partir de um estudo encomendado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semov) e onde foi constatada a necessidade de tal intervenção, é que esse perímetro seja acrescido de mais de 2 km, finalizando um total de 4 km de praia com esta estrutura.

Secretário expôs projeto em audiência pública proposta pela vereadora Ana Paula. Foto: Marcelo Barroso/CMNAT

Proposta pela vereadora Ana Paula (PL), a reunião contou com a participação de moradores e comerciantes da Vila de Ponta Negra, Idema, Semsur, Semurb, Aeronáutica e líderes comunitários do bairro de Ponta Negra. Na audiência, o secretário informou sobre a proposta da engorda e sua importância para a vida útil daquela região. “A discussão em conjunto com o ex-vereador Emanoel do Cação foi de suma importância para trazer mais detalhes da obra, que está em etapa de liberação pelo Idema. Nós trouxemos as comunidades pesqueiras, de moradores e ambulantes para saber o que será feito em termos de viabilidade econômica para essas pessoas, já que elas dependem da praia para tirar seus sustentos e nesse período a praia estará interditada. Vai existir uma ajuda, um auxílio?”, questiona. O questionamento foi esclarecido pelo secretário, que garantiu que a obra de enrocamento não irá atingir a área dos pescadores, começando apenas a partir do quiosque 27.

 

A

RECOMENDAMOS

VOLUNTARIADO

Parque das Dunas será palco do projeto Vida Saudável 

PARALISAÇÃO NA SAÚDE

Médicos de Natal entram em greve nesta terça

FOGO EM DOBRO

Bombeiros combatem incêndios na zona Sul de Natal

ÓLEO NO MAR

Vigilância Sanitária avalia qualidade do pescado no RN

SOLENIDADE

Fiern participa da instalação do Conselho de Segurança

FORA DO TRILHO

Feriado suspende circulação de trens na Grande Natal

NATAL EM NATAL

Zézé Motta é atração no Espaço Ruy Pereira nesta terça

DEZEMBRO VERMELHO

Sesap propõe ação de prevenção HIV/AIDS nos municípios

comentários