Geral

PESQUISA

Preços de combustíveis sofrem aumento em Natal, mostra pesquisa

Procon constatou aumento em todos os combustíveis pesquisados

Por Redação

16 de março de 2019 | 11:27

O Procon Natal realizou uma pesquisa de preço de combustíveis no último dia 12 de março. Foram analisados 70 estabelecimentos nas quatro regiões da cidade. O estudo constatou aumento no valor cobrado pelos postos, que ficou acima de 1,47% que a Petrobras aplicou.

Segundo o Procon, os aumentos foram identificados em todos os tipos de combustíveis pesquisados. A recomendação do órgão é para que os consumidores pesquisem os melhores preços.

O Procon recomenda ainda que os consumidores acessem um ranking com endereço e região dos dez postos mais baratos na cidade elaborado pelo órgão e disponível no endereço virtual: www.natal.rn.gov.br/procon.

Gasolina comum

O maior preço encontrado foi de R$ 4,499 e o menor de R$ 4,080. A diferença é de R$ 0,919 por litro. O valor equivale a uma variação de 10,27% em um mês. O preço médio é de R$ 4,321. Na pesquisa anterior, a média do litro era de R$ 4,039. A variação foi de R$ 0,282.

A gasolina comum mais barata, na média, foi encontrada na zona Norte, custando R$ 4,226. Já o preço mais barato foi localizado na Ribeira, na zona Leste: R$ 4,080.

Já o maior preço médio foi constatado na zona Sul: R$ 4,427. Os maiores preços pesquisados foram na zona Sul, em Ponta Negra e em Candelária, e também na zona Oeste, nos bairros Quintas e Nordeste: R$ 4,499.

Gás veicular

O gás veicular teve variação mínima no preço médio: saiu de R$ 3,556 para R$ 3,557. A variação entre o maior preço encontrado pela pesquisa foi de R$3,699 e o menor preço de R$3,400, isso equivale a uma variação de 8,79%.

O menor preço constatado pela pesquisa foi de R$ 3,400 na zona Sul, no conjunto Cidade Satélite. O maior preço encontrado foi de R$ 3,699, também na zona Sul no bairro de Capim Macio. No entanto, a região com a menor média encontrada pela pesquisa foi a Oeste, com R$ 3,513. Já a região com a maior média foi a Norte, com R$ 3,596.

Etanol

O etanol apresentou variação de 14,98% no comparativo entre o maior e o menor preço no mês de março. A região com a maior média encontrada foi a zona Sul, com R$ 3,506. Já o maior preço encontrado foi R$ 3,599, em todas as regiões pesquisadas.

Já o menor preço encontrado foi na região Oeste de R$ 3,130 no bairro de Cidade Nova. Na mesma região, a pesquisa constatou o menor preço médio, com R$ 3,343.

O etanol não é opção de economia para os consumidores uma vez que hoje o preço médio da gasolina em relação ao desempenho do carro flex com o uso do Etanol e de 79,35% do preço da gasolina.

O ideal para ser vantajoso aos consumidores utilizar-se desse combustível o preço da gasolina teria que está custando R$ 3,024 e a pesquisa encontrou em média R$ 3,130.

Diesel comum

O aumento do Diesel decorre do fim do subsídio pactuado entre o governo federal e os caminhoneiros que lideraram a paralisação ocorrida no final de maio de 2018.

Em média, o preço atual do Diesel comum é de R$ 3,587 e a média do mês anterior de R$ 3,380 e isso representa um aumento de R$ 0,139 por litro. O maior preço encontrado foi de R$ 3,799 no bairro de Candelária, na região Sul, e o menor preço foi de R$ 3,380, no bairro de Cidade Nova, na zona Oeste.

O maior preço médio do Diesel comum encontrado pela pesquisa foi a sul com R$ 3,682 e a região com menor preço médio foi a Oeste com R$ 3,524.

RECOMENDAMOS

CORREÇÃO DOS TEXTOS

Inep libera espelhos da redação do Enem 2018

OCORRÊNCIA

M prende dois e apreende armas e drogas em Ceará-Mirim

GABINETE

Styvenson chamará selecionados "mediante a necessidade"

EVENTO

Senac realiza primeira Semana de Gastronomia em Mossoró

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA

Alunos do SESI-RN participam de feira científica em SP

ARTES CÊNICAS

Sesc lança 22ª edição do palco giratório

LICITAÇÕES FRAUDULENTAS

Empresários são condenados por desvio de recursos no RN

NATAL

Tarifa da frota de ônibus mais velha do País pode subir

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL