Cultura

FOLIA DE MOMO

Prefeitura do Natal lança seleção de bandas de frevo e atrações musicais para o Carnaval 2019

Inscrições vão até o dia 11 de janeiro de 2019

Por Redação

6 de dezembro de 2018 | 17:02

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte), publicou na edição desta quinta-feira (06) do Diário Oficial do Município (DOM), a Seleção Pública para atrações musicais (intérpretes, bandas e grupos) e bandas de frevo do Carnaval Multicultural 2019.

O Carnaval em 2019 acontece no período de 28 de fevereiro a 5 de março. O edital vai selecionar e contratar atrações e revelações musicais, para integrar a programação dos Polos Carnavalescos. Os documentos e anexos necessários para a participação do processo estão disponíveis para baixar no www.blogdafuncarte.com.br

As inscrições vão até o dia 11 de janeiro de 2019. “Estamos trabalhando com um prazo bem antecipado para que os proponentes, artistas e carnavalescos tenham tempo para a parte da documentação legal, trabalhar e apresentar seus repertórios e fazermos novamente um grande Carnaval”, comentou o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

Serão selecionadas 24 atrações musicais e 6 revelações. Na categoria Bandas de Frevo serão selecionadas 4 com 6 músicos instrumentistas mais o maestro, 15 bandas com 13 músicos e o maestro; 10 bandas com 26 músicos e o maestro; 5 bandas com 40 músicos e o maestro e 3 bandas com 50 músicos o maestro num total de 37 bandas de frevo para atender o Carnaval de Natal 2019.

RECOMENDAMOS

NEGÓCIOS

Pequenas empresas potiguares expõem no EEBA 2019

AVISO

Alerta: Ventos de 61 km/h podem atingir litoral do RN

TRÂNSITO

Natal: Faixas e semáforos priorizar pedestres, diz STTU

PRODUTO CONTROLADO

PF prende homem com 147 kg de produto usado em drogas

ALTERAÇÃO

Eduardo anuncia decreto sobre acordos internacionais

REFORMA TRIBUTÁRIA

Só simplificar sistema não resolve carga de impostos

REBANHO POTIGUAR

Vacinação contra brucelose é estendida até o fim do mês

TRATADO

Painelistas debatem sobre Acordo Mercosul-UE

comentários