Interior

DESENVOLVIMENTO

Prefeitura e Sebrae analisam propostas para fomento do empreendedorismo em São Gonçalo do Amarante

Foram apresentadas propostas para desenvolvimento do empreendedorismo local

Por Redação

8 de abril de 2019 | 08:49

Na manhã da última sexta-feira (5), o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de São Gonçalo do Amarante, Vagner Araújo, recebeu representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Na reunião, foi conversado sobre novos aspectos para o desenvolvimento do empreendedorismo na cidade, bem como ações continuadas para o fortalecimento e formalização do empreendedorismo local.

A gerente da Unidade de Comércio e Serviços do Sebrae, Maíza Pinheiro, destacou o trabalho já existente do Sebrae na cidade e os novos rumos dessa parceria. “O Sebrae já possui atuação aqui em São Gonçalo, mas de uma forma pontual. Com o Escritório Metropolitano, que vai atender Natal e região metropolitana, a ideia é que o Sebrae se aproxime com ações continuadas em todos os municípios. Estamos trazendo para o secretário municipal propostas que vão assegurar maior aproximação do Sebrae com o município, não só com demandas pontuais mas com ações de acompanhamento”, disse Maíza.

Na quinta-feira (4), o prefeito Paulinho participou de solenidade com a equipe do Sebrae para receber o prêmio de Prefeito Empreendedor, na categoria de Desburocratização. 28 municípios concorriam ao prêmio, com 33 projetos. A cidade foi reconhecida pelo seu trabalho de facilitação da abertura e do licenciamento das empresas.

RECOMENDAMOS

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

AUTOMÓVEL

Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros

comentários