Economia

'SEM AJUSTES NÃO HÁ SUSTENTABILIDADE'

Presidente do Sistema Fiern destaca elaboração de sugestões para reforma da previdência estadual

Amaro Sales ressaltou, em entrevista nessa quarta, que estudo está em elaboração por grupo técnico constituído pela Federação das Indústrias

Por Redação

18 de julho de 2019 | 12:17

Foto: Divulgação/Fiern

O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, destacou — durante entrevista à rádio 96 FM — o estudo, que está em elaboração por um grupo técnico constituído pela Federação das Indústrias, sobre a Previdência estadual. A ideia é apresentar sugestões de reforma do sistema previdenciário do serviço público do Rio Grande do Norte para contribuir com as discussões, caso os estados e municípios fiquem mesmo fora das mudanças que estão em votação no Congresso Nacional para as regras de aposentadorias e pensões.

“O momento é propício [para este debate], com a votação em primeiro turno da Câmara dos Deputados. Acreditamos que até o fim de agosto o Congresso Nacional vai concluir a tramitação da reforma”, disse Amaro Sales, durante o programa Jornal da 96. Ele afirmou que se os estados realmente não forem incluídos nas novas regras, será necessário um debate no Rio Grande do Norte e, por isso, o Sistema FIERN está elaborando essa proposta.

“O Estado tem um déficit na Previdência superior a R$ 1,5 bilhão por ano. Sem os ajustes, não há sustentabilidade”, destacou. Ele acrescentou que essa situação se agrava a cada ano, uma vez que o Rio Grande do Norte já tem quase um aposentado para cada servidor ativo. Essa proporção, para que o sistema de previdência seja sustentável, deveria ser de quatro ativos para cada inativo.

Por isso, afirma o presidente do Sistema FIERN, se os estados ficarem fora da reforma em votação no Congresso, será necessário discutir o tema no Rio Grande do Norte. “Há uma expectativa de que ainda possam ser incluídas as previdências estaduais, durante a apreciação no Senado, se não forem, é preciso pautar esse debate”, afirmou.

Durante a entrevista ao Jornal da 96, ele lembrou também que na próxima segunda-feira a reforma previdenciária será tema de seminário, em Natal, que terá como palestrante o secretário especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho. O seminário vai ser no auditório da Casa da Indústria (sede do Sistema FIERN), a partir das 9 horas, com uma abertura e, em seguida, a palestra de Rogério Marinho. O evento é promovido pelo Sistema FIERN, FAERN, FETRONOR e FECOMÉRCIO.

RECOMENDAMOS

CONTRA TOMBAMENTO

Conselho de Turismo quer demolição do Hotel Reis Magos

NOVAS OPÇÕES

RN terá novos voos para o Rio a partir de novembro

PROJETO PILOTO

Mossoró: Petrobras vai investir na primeira infância

'AJUDE O MUNDO'

Madonna manda recado para Bolsonaro pela Amazônia

RECONHECIMENTO

Dois A Engenharia é premiada por obra em parque eólico

PLANEJAMENTO

Antecipar orçamento de reforma pode garantir preços mai

CORTE NAS DESPESAS

Coworking é alternativa para economizar com empresa

ESPETÁCULO

Parnamirim: Mostra de dança Aprec'arte segue até sexta

comentários